Heat leva 400 mil às ruas de Miami em festa pelo título

Conquista confirma a hegemonia da franquia desde que LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh se juntaram

AE-AP, Agência Estado

24 de junho de 2013 | 17h45

MIAMI - A festa pelo terceiro título do Miami Heat na NBA, sendo o segundo consecutivo, tomou conta das ruas da cidade da Flórida nesta segunda-feira. Cerca de 400 mil torcedores deixaram suas casas para festejar os atuais bicampeões, que, acompanhado de suas famílias, foram divididos em dois trios elétricos.

A conquista aconteceu na última quinta-feira, quando o Heat fez 95 a 88 no San Antonio Spurs, em casa, e fechou a série melhor de sete jogos das finais em 4 a 3. Principais responsáveis pelo título, LeBron James e Dwyane Wade eram os mais festejados pela torcida. A taça, no entanto, estava nas mãos de Chris Bosh, terceiro pilar do time.

"Isto é o melhor", disse LeBron, em entrevista à rádio do Miami Heat. "Por isso vim para cá, para poder participar deste desfile de fim de ano. Me sinto abençoado. Não há nada melhor que isso", completou o jogador, comentando sua decisão de trocar o Cleveland Cavaliers pelo Heat antes da temporada 2010/2011.

Único remanescente do primeiro título da equipe - em 2006, contra o Dallas Mavericks - ao lado de Udonis Haslem, Dwyane Wade celebrou o momento. "Vislumbrei muitas coisas, mas nunca imaginei isso. Este desfile foi imaginado e agora já conseguimos realizá-lo três vezes. É algo especial", comentou.

A conquista deste ano confirma a hegemonia do Heat desde que LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh se juntaram. Na primeira temporada, em 2010/2011, eles caíram diante do Dallas Mavericks na decisão, mas no ano passado foram campeões sobre o Oklahoma City Thunder e em 2012/2013 conseguiram o título depois de estarem perdendo as série final contra o Spurs por 3 a 2.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAMiami Heat

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.