Hélio Rubens destaca superação

O técnico Hélio Rubens comemorou o seu oitavo título brasileiro (o quinto seguido), destacando a superação do Vasco, que venceu o COC Ribeirão Preto por 87 a 84, na prorrogação, depois de um empate por 76 pontos no tempo normal. "Estou muitíssimo gratificado porque tivemos vários problemas de falta de jogadores, com a saída dos estrangeiros e contusões. Mas o grupo deu uma mensagem linda de sacrifício", disse o treinador, que também comanda a seleção brasileira.Na partida desta quarta, em que o Vasco esteve em desvantagem na maior parte do tempo, Hélio reconheceu que o Ribeirão jogou melhor. "O adversário jogou como um campeão, o que me deixa ainda mais gratificado".Filho de Hélio Rubens, Helinho também conseguiu seu pentacampeonato brasileiro. "Só tenho a agradecer a meu pai e ao meu avô." Seguindo o discurso de pai e filho, o pivô Sandro Varejão também acredita que o título foi especial por causa das "dificuldades enfrentadas".Durante o Brasileiro, o pivô dominicano, Vargas e o armador Charles Bird, abandonaram a equipe por falta de pagamento de salários. Os dois eram considerados os principais jogadores da equipe do Vasco. Eles foram substituídos por jovens como Jefferson e Manteguinha, que brilharam no jogo final.O Vasco não repetiu as atuações dos jogos anteriores e ficou atrás do Ribeirão Preto desde o meio do segundo quarto. O time do interior paulista chegou a abrir 13 pontos no terceiro quarto, mas não manteve o rendimento na etapa final. Poucos segundos antes do final, o Vasco empatou - e poderia ter vencido -, levando o jogo à prorrogação com o placar igualado em 76. Mesmo sem Helinho e Demétrius, que fizeram cinco faltas, o Vasco soube superar o adversário graças aos seus jovens valores. Tanto que a cesta decisiva foi de Jefferson.

Agencia Estado,

21 de junho de 2001 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.