Divulgação
Divulgação

Homens e mulheres vão brilhar juntos no Jogo das Estrelas, em Franca

Ligas se unem e fazem festa na capital do basquete, sexta e sábado

O Estado de S. Paulo

06 Março 2015 | 07h00

Assim como a NBA, o basquete brasileiro também tem o seu All-Star Game: nesta sexta e sábado, estarão reunidos os melhores atletas das ligas feminina e masculina. Uma união inédita celebrada na capital da modalidade no País, Franca, no interior paulista, e sediada em seu "templo sagrado", o Ginásio Pedrocão.

O Novo Basquete Brasil (NBB) realiza o Jogo das Estrelas pela sétima vez. Já a Liga de Basquete Feminino (LBF) iria celebrar o seu Desafio das Estrelas pela terceira vez. As entidades se uniram com o auxílio de um patrocinador (Bradesco) e vão fazer uma festa conjunta. "Será o primeiro jogo que contará com a parceria entre NBB e LBF. Tenho certeza de que isso ajudará bastante no fortalecimento da modalidade. Temos a missão de massificar o esporte e esse evento é um passo importante", afirma Cássio Roque, presidente da Liga Nacional de Basquete (LNB), que organiza o NBB.

Para Márcio Cataruzzi, presidente da LBF, a oportunidade garantiu a realização de um evento festivo para as jogadoras e maior projeção, já que sofrem com a menor visibilidade de sua liga. "Vínhamos batalhando para conseguir realizar novamente o nosso Desafio das Estrelas. Quando surgiu a oportunidade de fazer junto com o NBB, não pensamos duas vezes. É uma satisfação imensa e um orgulho muito grande, ainda mais com o evento sendo realizado em Franca", garantiu.

A programação do fim de semana das estrelas começa nesta sexta-feira, às 19 horas, com os torneios individuais. As mulheres ficam de fora apenas da disputa de enterradas, que fecha o dia - afinal, ainda são poucas as que conseguem executar a manobra. Mas um jurado especial estará presente: o ex-ala-pivô Horace Grant, quatro vezes campeão da NBA. A presença do jogador marca a parceria entre LNB e NBA, assinada neste ano.

Haverá time completo nos torneios de habilidades e três pontos, além de uma disputa mista nos arremessos: cada um dos cinco times será formado por um homem, uma mulher e um ex-jogador do basquete francano - foram "convocados" Fausto, Paulão, Chuí, Robertão e Edu Mineiro. Cada trio terá de converter sete arremessos, incluindo um do meio da quadra, no tempo máximo de dois minutos.

Os jogos serão disputados no sábado, no mesmo formato: um time formado apenas por brasileiros enfrentará uma equipe de estrangeiros. As mulheres entram em quadra primeiro, às 14h15. Defendem o LBF Brasil algumas das principais atletas do País na atualidade, como as pivôs Érika e Damiris. 

A armadora Adrianinha, natural de Franca, será a líder do time. "É um momento inédito para o basquete e, para mim, mais ainda. Vou atuar na minha cidade, em um evento muito importante para o basquete feminino. Espero que a gente 'pegue carona' com o crescimento do basquete masculino. A LBF é uma liga de muito valor e queremos mostrar nosso potencial".


A partida entre o NBB Brasil e o NBB Mundo fecha a programação, às 16 horas. O time brasileiro será comandado por Demétrius Ferraciú, técnico do Minas e que desenvolveu grande parte de sua carreira como jogador em Franca. "É um momento histórico, que só deixa claro a grande evolução do basquete brasileiro. Estou pela primeira vez como técnico no Jogo das Estrelas e terei o prazer de atuar na cidade que me revelou como jogador."

PARTICIPANTES DOS TORNEIOS INDIVIDUAIS

ENTERRADAS: André Coimbra (Franca), O'Neal Mims (Uberlândia), Gerson (Mogi) e Maxwell (Brasília)

ARREMESSOS: Time Fausto (Marquinhos, Fausto e Clarissa), Time Paulão (Larry Taylor, Paulão Berger e Damiris), Time Chuí (Helinho, Chuí e Adrianinha), Time Robertão (David Jackson, Robertão e Isabela Ramona) e Time Edu Mineiro (Guilherme Giovannoni, Edu Mineiro e Érika)

TRÊS PONTOS: Marcelinho Machado (Flamengo), Jamaal (Macaé), Robert Day (Bauru), Ronald Ramon (Limeira), Marcos Mata (Franca), Guilherme Filipin (Mogi), Eric Tatu (Rio Claro) e Lucas Dias (Pinheiros); Tiffany Hayes (América-PE), Sthefany Thomas (Jaraguá), Jaqueline (Santo André) e Tassia (Santo André)

HABILIDADES: Nezinho (Limeira), Ricardo Fischer (Bauru), Henrique Coelho (Minas), Maxi Stanic (Palmeiras), Desmond Holloway (Paulistano), Léo Meindl (Franca), Betinho (São José), Davi Rossetto (Basquete Cearense) e Thiaguinho (Liga Sorocabana); Chloe Wells (Barretos), Erica Wheeler (Sport), Adrianinha (América-PE) e Débora (São José)

TIMES DOS JOGOS DAS ESTRELAS
LBF BRASIL
Armadoras: Adrianinha (América-PE), Débora (São José) e Tássia (Santo André)
Alas: Leila (Jaraguá), Mariana Camargo (Presidente Venceslau), Iziane (Maranhão), Jaqueline (Santo André) e Isabela Ramona (São José)
Pivôs: Clarissa (Americana), Damiris (Americana), Erika (América-PE) e Franciele (Brasília)
Técnico: Antonio Carlos Vendramini (Americana)

LBF MUNDO
Armadoras: Gelis Gonzales (Maranhão), Erica Wheeler (Sport) e Chloe Wells (Barretos)
Alas: Ariadna Felipe (Americana), Matee Ajavon (Maranhão), Tamera Young (América-PE), Brandie Baker (Sport), Sthefany Thomas (Jaraguá) e Tiffany Hayes (América-PE)
Pivôs: Plutin Tizon (São José), Sandora Irvin (América-PE), Toluwani Omotola (Sport)
Técnico: Roberto Dornelas (América-PE)

NBB BRASIL
Armadores: Ricardo Fischer (Bauru), Nezinho (Limeira) e Coelho (Minas)
Alas: Alex Garcia (Bauru), Marquinhos (Flamengo), Léo Meindl (Franca), Neto (Palmeiras) e Audrei (Uberlândia)
Pivôs: Rafael Hettsheimeir (Bauru), Lucas Cipolini (Brasília), Lucas Mariano (Franca) e Rafael Mineiro (Limeira)
Técnico: Demétrius Ferraciú (Minas)

NBB MUNDO
Armadores: Maxi Stanic (Palmeiras), Kenny Dawkins (Paulistano) e Laprovittola (Flamengo)
Alas: David Jackson (Limeira), Shamell (Mogi), Mata (Franca), Holloway (Paulistano) e Robby Collum (Minas)
Pivôs: Meyinsse (Flamengo), Tyrone (Mogi), Toyloy (Palmeiras) e Herrmann (Flamengo)
Técnico: Paco García (Mogi)
Mais conteúdo sobre:
basquete NBB LBF NBA Jogo das Estrelas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.