Internado desde terça, Oscar Schmidt tem quadro clínico estável

Ídolo do basquete está na unidade coronariana e não tem previsão de alta

Flavia Alemi, O Estado de S. Paulo

21 de fevereiro de 2014 | 18h07

SÃO PAULO - Desde terça-feira internado no Hospital Sírio-Libanês por causa de uma arritmia, o ídolo do basquete Oscar Schmidt permanece na unidade coronariana para descobrir a causa do descompasso cardíaco. Segundo boletim divulgado nesta sexta-feira pelo Hospital, o quadro foi "provavelmente causado por miocardite viral". Ainda não há previsão de alta.

Em tratamento de um tumor no cérebro desde abril do ano passado, o ídolo conhecido como ''Mão Santa'' temia que a arritmia pudesse estar relacionada com a doença, mas, de acordo com o hospital, Oscar ''encontra-se estável do ponto de vista oncológico''.

Oscar Schmidt luta contra um câncer no cérebro desde 2011, quando a enfermidade foi diagnosticada pela primeira vez. Após realizar tratamento, a doença voltou em abril do ano passado. Ele foi submetido a uma cirurgia e sessões de quimioterapia durante dois meses e, atualmente, realiza um monitoramento periódico.

Leia o boletim na íntegra:

O senhor Oscar Daniel Bezerra Schmidt encontra-se internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o último dia 17/02, em decorrência de um quadro de arritmia e insuficiência cardíaca, provavelmente causado por miocardite viral.

O paciente encontra-se estável do ponto de vista oncológico e em tratamento do quadro cardíaco. Ele permanece internado na unidade coronariana, sem previsão de alta.

As equipes que o acompanham são coordenadas pelos Prof.Drs. Olavo Feher e Roberto Kalil Filho.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteOscar Schmidt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.