Divulgação/NBA
Divulgação/NBA

Irritado com crítica de ator, Kevin Durant responde com ataques homofóbicos

Além de mensagens privadas com teor ofensivo, o ala do Brooklyn Nets quis marcar uma briga com Rapaport nas ruas de Nova York

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2021 | 16h14

O astro da NBA Kevin Durant se envolveu em um escândalo nas redes sociais ao reagir às críticas do ator Michael Rapaport, por uma entrevista dada a Charles Barkley ao canal TNT em dezembro.  Na ocasião, Rapaport disse que o ala do Brooklyn Nets parecia 'super sensível'.  O jogador passou a enviar mensagens privadas com xingamentos e insultos homofóbicos e misóginos.

Além do tom pesado, Rapaport revelou em postagem a frequência com que elas são mandadas. Por fim, ainda fez uma ironia ao jogador de basquete do Brooklyn Nets. “Recebo ameaças e mensagens nojentas diariamente, mas nunca, em meus sonhos mais loucos, pensei que (Kevin Durant) estaria entre eles. A própria cobra agora está me ameaçando, trazendo minha esposa à tona e quer lutar. Este deveria ser o queridinho dos Estados Unidos, certo?”, postou ator.

Rapaport compartilhou então as mensagens recebidas de Durant após a sua participação no programa.

"Juro que vou cuspir na sua cara quando eu encontrar seu c** sujo. Você é uma vadia apenas por se importar com como eu dou uma entrevista. Tudo o que você faz é chupar o p* de outros homens para chamar a atenção. Trump não prestou atenção na sua bunda, então agora você quer usar todo mundo para ter audiência e risadas. Sua vida é uma piada, seu p* chupador de r*. Pedaço de m**", foram alguns dos ataques de Durant nas mensagens enviadas a Rapaport.

A reação de Durant não se limitou às mensagens de teor ofensivo. Ele ainda quis marcar uma briga em Nova Iorque e ainda pediu o endereço para travar o duelo. Além disso, ainda envolveu a mulher do ator em mensagens ofensivas. Os xingamentos ao ator podem render uma punição disciplinar da NBA pelos xingamentos homofóbicos e misóginos.

Por fim Durant fez uma postagem em uma rede social reconhecendo o erro por seus insultos. "Eu e o Mike temos conversas mais loucas do que isso regularmente e hoje ele está p**... Minha culpa, d**", postou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.