Bob Donnan/US Today Sports
Bob Donnan/US Today Sports

Irving supera 'dupla explosiva' em virada do Leste no All Star Game

Armador do Cleveland Cavaliers ofusca bela atuação de Durant e Griffin e termina o jogo como MVP

Felippe Scozzafave, O Estado de S. Paulo

17 de fevereiro de 2014 | 08h31

NEW ORLEANS - Com uma reação incrível no final do jogo, o time da Conferência Leste bateu o da Oeste e venceu o All Star Game da NBA, na noite deste domingo, em New Orleans. Destaque para Kyrie Irving, do Cleveland Cavaliers, que comandou a equipe com 31 pontos e 14 assistências e foi eleito o MVP (jogador mais valioso) da partida.

Quando o final do terceiro período do jogo se aproximava, parecia que o Jogo das Estrelas já estava mais do que decidido, pois o Oeste vencia por cerca de 20 pontos e Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder e Blake Griffin, do Los Angeles Clippers, "voavam" em quadra e marcavam pontos de tudo que é jeito. Mas apenas parecia, pois foi quando Irving decidiu brilhar.

Escalado como titular para a partida, o armador do Cleveland Cavaliers, que não realiza uma grande campanha na temporada, foi alvo de rejeição do público, mas mostrou todo o seu potencial e comandou a virada por 163 a 155. O placar é o mais alto já registrado no evento, superando os 303 registrado em 1987. Em 2014, 318 pontos foram convertidos.

CARMELO BATE RECORDE

Mais um que brilhou pelo time do Leste foi o ala Carmelo Anthony, do New York Knicks, que fez 30 pontos e, com oito arremessos certeiros de três pontos, quebrou o recorde de bolas longas no All Star Game.

Outros que se destacaram no time foram LeBron James, do Miami Heat, que se aproximou de um triplo-duplo e o pivô Joakin Noah, do Chicago Bulls, que além de contribuir com pontos, foi fundamental na parte defensiva.

DURANT E GRIFFIN DÃO SHOW DE ENTERRADAS

Pelos lados da Conferência Oeste, quem mais impressionou foi a dupla Durant-Griffin. Com 38 pontos cada um, eles foram responsáveis pelos lances mais impactantes da partida, com direito a muita ponte-aerea e enterradas. Com 76 pontos combinados, a dupla entrou para a história do evento: nunca apenas dois jogadores tinham feito tantos pontos no Jogo das Estrelas.

A vitória da Conferência Leste coloca um fim no reinado do Oeste, que havia vencido as últimas três edições do evento. A próxima edição do All Star Game será disputado em Nova York e, pela primeira vez na história será dividido entre dois ginásios, o Barclays Center, do Brooklyn Nets e o Madison Square Garden, que recebe jogos do New York Knicks.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAKyrie Irving

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.