Rob Carr/AFP
Rob Carr/AFP

Joel Embiid tem lesão leve detectada no joelho e será reavaliado em duas semanas

Pivô dos 76ers caiu feio em jogo desta sexta-feira, mas exames não revelam graves preocupações

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de março de 2021 | 16h06

Astro do Philadelphia 76ers em uma das melhores temporadas de sua carreira, Joel Embiid preocupou os torcedores da equipe na noite desta sexta-feira. Após cair de mau jeito sobre o joelho esquerdo, o pivô passou por exames mais detalhados que não apontaram uma contusão mais séria. Ele será reavaliado em duas semanas e deve permanecer fora de combate durante este período.

Exames de ressonância magnética revelaram uma contusão óssea, segundo os 76ers divulgaram neste sábado. A notícia é animadora, tendo em vista que o camaronês não ficará muito tempo longe das quadras e que, levando em conta seu peso, a lesão poderia ter sido bem pior. Na partida com o Washington Wizards, ele caiu com o joelho esticado, fazendo um leve movimento para trás. Segundo fontes da ESPN americana, o LCA (ligamento cruzado anterior) e o menisco estão intactos.

Joel Embiid está no meio de uma excelente temporada, sendo franco favorito ao prêmio de MVP (Jogador Mais Valioso) da NBA. Suas médias são de 29,9 pontos, 11,5 rebotes e 3,3 assistências por exibição. Contra os Wizards, até deixar a quadra no fim do terceiro quarto, estava somando 23 pontos (com 8-11 de aproveitamento dos arremessos de quadra), sete rebotes, três assistências e dois tocos.

Após a queda, o pivô ficou no chão por alguns minutos. Depois, conseguiu ficar de pé e saiu andando com suas próprias forças. O Philadelphia 76ers, mesmo com a baixa, venceu os rivais por 127 a 101. Os comandados de Doc Rivers lideram a Conferência Leste com 26 vitórias e 12 derrotas, seguidos bem de perto pelo Brooklyn Nets, que soma 25 triunfos e 13 tropeços. A campanha é a 3ª geral da liga, atrás apenas de Utah Jazz e Phoenix Suns.

DAVIS AINDA DE FORA

No Los Angeles Lakers, a expectativa é pela volta de Anthony Davis. Segundo informações da franquia da Califórnia nesta sexta-feira, o astro ficará fora de combate por, pelo menos, mais duas semanas em razão de seus problemas na panturrilha direita.

O ala-pivô foi examinado pelos médicos dos Lakers nesta sexta-feira, antes da partida com o Indiana Pacers, e foi liberado para aumentar a intensidade dos treinamentos, de olho justamente no retorno às quadras em breve. Somando o resultado desta sexta, em que venceu os Pacers por 105 a 100, o time de Los Angeles está com 4 vitórias e 7 derrotas desde que Davis teve de ser afastado no compromisso com o Denver Nuggets, no dia 14 de fevereiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.