AFP
AFP

Jogador mais longevo da NBA, Vince Carter acerta por um ano com o Atlanta Hawks

Ala de 41 anos assinou contrato com o valor de US$ 2,4 milhões

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2018 | 18h22

Jogador mais longevo da NBA, a liga norte-americana de basquete, Vince Carter, de 41 anos, é a mais nova contratação do Atlanta Hawks para a próxima temporada. O ala assinou contrato com o valor de US$ 2,4 milhões (R$ 9 milhões) e um ano de validade.

+ Dwyane Wade recebe proposta de R$ 93 milhões para defender time chinês

+ Após saída de LeBron James, Cavaliers renova contrato de Kevin Love por 4 anos

+ Nowitzki jogará 21ª temporada pelo Mavericks e vai bater recorde na NBA

Carter receberá o salário mínimo para um veterano e vai chegar com o objetivo de liderar uma equipe que passa por transição e terá o técnico Lloyd Pierce no comando em seu primeiro ano. A franquia o adquiriu com a ideia principal de ter um líder no vestiário, capaz de trazer experiência e auxiliar no desenvolvimento dos jovens, que são maioria no Atlanta.

Aos 41 anos, Carter jogará pela oitava equipe da carreira em sua 21ª temporada na NBA, feito alcançado também por Robert Parish, Kevin Willis, Kevin Garnett e Dirk Nowitzki. Ele começou a sua trajetória Toronto Raptors, que o selecionou na 5ª posição do Draft de 1998.

Depois, o ala/armador ainda jogou no New Jersey Nets, Orlando Magic, Phoenix Suns, Dallas Mavericks, Memphis Grizzlies e Sacramento Kings, este que defendeu na última temporada. No Sacramento, Carter foi titular em apenas cinco partidas. Ele teve média de 5,4 pontos e 2,6 rebotes em 17 minutos em quadra.

Carter nunca foi campeão da NBA, mas acumula conquistas individuais, como o prêmio de Novato do Ano que ganhou em 1999 na NBA, o Torneio de Enterradas vencido em 2000 e as oito participações no All-Star Game.

O Atlanta Hawks, último colocado da Conferência Leste na temporada passada, passa por uma renovação em seu elenco e tenta se reconstruir após temporadas ruins. O ala/armador Jeremy Lin e o pivô ucraniano Alex Len também foram contratados, além de Carmelo Anthony, que, no entanto, deve ser dispensado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.