Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Jogadores brasileiros lamentam perda da vaga em Pequim

O pivô Tiago Splitter, destaque do Brasil na partida, fez questão de ressaltar o empenho da equipe no torneio

Redação,

18 de julho de 2008 | 15h54

Os jogadores da seleção brasileira masculina de basquete deixaram cabisbaixos a quadra nesta sexta-feira após a derrota por 78 a 65 para a Alemanha, em Atenas (Grécia), que tirou qualquer possibilidade da equipe de se classificar para os Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto.Veja também: Brasil perde para a Alemanha e diz adeus ao sonho olímpicoO pivô Tiago Splitter, melhor jogador do Brasil na partida, lamentou o resultado negativo, mas destacou o empenho do grupo no pré-olímpico. "Não foi vergonha ter perdido aqui, todo mundo lutou e isso é o mais importante", assinalou.O jogador ainda fés questão de destacar a importância do trabalho do técnico espanhol Moncho Monsalve, que assumiu o time neste ano. "Temos que agradecer muito o treinador, ele é uma pessoa excepcional, veio da Espanha para nos ajudar", afirmou.Splitter não quis falar sobre os desfalques do Brasil no pré-olímpico. O time não pôde contar com os astros que atuam na NBA. "Acho que não é o momento de falar disso, que perdeu foi a gente e somos nós que vamos levar duro nas costas agora. Mas não faz mal, o importante é continuar trabalhando".Quem também lamentou a derrota foi o ala Alex Garcia. "Todo mundo estava confiante, o trabalho foi bem feito, o grupo inteiro estava comprometido, mas não deu", assinalou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.