Jogadores cubanos pedem asilo político na Espanha

Georvis Elias Sayus, Grismay Paumier,Taylor Garcia e Geofry Silvestre foram os atletas que desertaram

AE-AP, Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 14h35

Quatro jogadores da seleção cubana de basquete solicitaram asilo político na Espanha. O time caribenho disputou um amistoso contra a seleção espanhola nas Ilhas Canárias, na sexta-feira, e os atletas não apareceram na segunda-feira para a viagem de volta, de acordo com Antonio Ortega, funcionário do Ministério do Interior.

Veja também:

linkCuba desiste da Copa América de basquete masculino

Ele revelou que Georvis Elias Sayus, Grismay Paumier,Taylor Garcia e Geofry Silvestre foram os atletas que desertaram. Nesta quarta-feira, os jogadores realizaram um pedido preliminar de asilo. Agora, eles tem 30 dias para a formalização do pedido, segundo Ortega.

Os atletas estão, no momento, em Las Palmas. A decisão sobre a concessão de asilo político aos quatro jogadores de basquete será dada pelo Ministério do Interior da Espanha.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteCubaasilo político

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.