Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Justiça obriga CBB a incluir os times da NLB

A briga judicial entre os clubes da Nossa Liga de Basquete (NLB) e a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) deve esquentar nos próximos dias. Nesta sexta, o presidente da Liga, Oscar Schmidt, afirmou ter conseguido importante vitória judicial terça-feira. Com a divulgação no diário oficial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, prevista para a próxima semana, a CBB terá de aceitar as inscrições dos clubes que participam da NLB no Campeonato Nacional sob pena de multa diária de R$ 5 mil retroativas ao dia 12 de dezembro. Segundo o advogado da NLB, Heraldo Panhoca, na referida data, os clubes que integram a liga conseguiram uma liminar contra o item do regulamento do Brasileiro que obriga os clubes que participam da competição de assinar uma carta onde se comprometem a não disputar competições semelhantes e determinando a inscrição da equipe da Telemar no Campeonato sul-americano. A CBB teria acionado a justiça com um agravo contra a liminar, recusado. ?Foi uma vitória moral porque mostra que estamos certos em nos apoiar na Constituição que nos dá o direito de ter a Liga?, disse Oscar, que agora aguarda decisão da ação principal no TJ do Rio.Por meio da assessoria de imprensa, a CBB diz que a juíza da 46.ª Vara do TJ, Maria Luiza Niedarauer pediu prazo de cinco dias para deliberar sobre a inscrição dos clubes no Brasileiro e reconheceu que a entidade fez o que devia no caso da inscrição da Telemar no Sul-Americano. A CBB informou que cumprirá todas as decisões judiciais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.