Kevin Durant brilha e Thunder impõe recorde negativo aos Lakers

Essa também foi a sétima derrota seguida do time da Califórnia atuando no Staples Center

Agência Estado

14 de fevereiro de 2014 | 09h14

LOS ANGELES - Com mais uma atuação brilhante de Kevin Durant, o Oklahoma City Thunder venceu o Los Angeles Lakers por 107 a 103, fora de casa, na rodada desta quinta-feira da NBA, e acumulou o seu 43º triunfo como líder da Conferência Oeste da liga de basquete dos Estados Unidos. Vivendo fase historicamente ruim, a franquia da Califórnia amargou a sua 35ª derrota em 53 jogos e divide a lanterna desta conferência com o Sacramento Kings, que está em desvantagem nos critérios de desempate.

Essa também foi a sétima derrota seguida do Lakers atuando no Staples Center, em Los Angeles, o que é um recorde negativo do time. Reflexo deste momento péssimo, a equipe não terá nenhum representante no All-Star Game, marcado para acontecer neste domingo, em New Orleans. Isso não acontecia desde a temporada 1998/1999 da NBA.

Um dos astros do jogo das estrelas da competição, Durant voltou a fazer a diferença para o Thunder. Além de ter sido o cestinha do duelo diante do Lakers, com 43 pontos, garantiu um "double-double" ao apanhar 12 rebotes. O ala/armador acabou se destacando também pelo fato de que marcou 19 pontos apenas no último quarto, depois de o time da casa ter liderado o placar nos três primeiros períodos do confronto.

Sem Kobe Bryant, Pau Gasol e Steve Nash, lesionados, a franquia californiana chegou a exibir força coletiva, com Chris Kaman e Wesley Johnson anotando 19 pontos cada um, enquanto Kendall Marshall contabilizou 14 pontos e 17 assistências. Porém, a defesa do time da casa não conseguiu parar Durant, que foi de longe o maior cestinha do jogo. Segundo maior pontuador do Thunder, Reggie Jackson fez 16 ao total.

No outro jogo disputado na rodada desta quinta-feira na NBA, o Chicago Bulls venceu o Brooklyn Nets por 92 a 76, em casa, e passou a somar 27 vitórias na quarta posição da Conferência Leste. Já o Nets é o sétimo, agora com 27 derrotas em 51 partidas.

Taj Gibson, com 16 pontos, foi o cestinha do Bulls e do jogo, enquanto o seu companheiro de time Carlos Boozer voltou de lesão e ajudou a equipe com 15 pontos. Paul Pierce, também com 15 pontos, foi o principal nome do Nets.

Após os jogos desta quinta-feira, a NBA só voltará a contar com uma nova rodada de partidas na próxima terça, dois dias após o All-Star Game.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.