Chris Carlson/AP
Chris Carlson/AP

Klay Thompson brilha e Warriors atropela o Lakers na NBA

Time continua sendo a sensação da primeira parte da NBA

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2016 | 09h01

O Golden State Warriors segue como a sensação desta primeira parte da temporada da NBA. E tem funcionado como uma verdadeira máquina. Sempre alguma de suas principais peças aparece para brilhar. Na rodada de terça-feira, Stephen Curry e Draymond Green estiveram longe de suas melhores noites, então foi a vez de Klay Thompson se destacar e garantir o atropelamento por 109 a 88 sobre o Los Angeles Lakers, fora de casa.

Thompson anotou 36 pontos nos três primeiros quartos da partida, sendo 18 em bolas de três pontos. Foram 22 somente no primeiro período. Como já se tornou rotina neste Warriors, o jogador, assim como seus principais companheiros, puderam ver do banco boa parte do último período, tamanha era a vantagem.

Vindo de três "triple-doubles" seguidos, Green foi mais discreto desta vez e anotou somente nove pontos, além de 12 rebotes e cinco assistências. Stephen Curry, ainda baleado por conta de uma lesão na perna esquerda, ficou em quadra por 26 minutos e anotou 17 pontos. Ele deixou a partida no fim do terceiro quarto, após choque com Roy Hibbert, mas garantiu estar bem.

Pelo lado do Lakers, que mais uma vez não teve Kobe Bryant, o grande destaque foi Jordan Clarkson, autor de 23 pontos. Marcelinho Huertas ficou em quadra por 19 minutos e terminou com bons números: nove pontos, quatro rebotes e cinco assistências. Esta foi a 28.ª derrota da equipe, a pior do Oeste, enquanto o Warriors segue na ponta desta conferência com 33 triunfos.

No confronto de duas equipes que brigam pelos playoffs do Oeste, o Dallas Mavericks conseguiu uma suada vitória sobre o Sacramento Kings, em casa. Deron Williams acertou uma bola decisiva no estouro do cronômetro da segunda prorrogação para garantir o placar de 117 a 116 e o 20.º triunfo para os texanos.

O veterano armador, aliás, foi o destaque do Mavericks, com 25 pontos, auxiliado pelos 23 de Dirk Nowitzki e os 20 de Wesley Matthews. Mas o cestinha saiu do lado do Kings: DeMarcus Cousins, com 35 pontos, além de 17 rebotes. Rudy Gay ainda contribuiu com 31, mas não foi o suficiente.

Cousins ainda foi o responsável por acertar a bola decisiva no estouro do cronômetro que empatou o jogo em 98 a 98 e o levou para a primeira prorrogação. No tempo extra, Nowitzki foi o responsável por deixar o confronto empatado mais uma vez, forçando a nova prorrogação. Então, o Kings abriu vantagem e chegou a estar liderando por sete pontos a um minuto e 20 segundos para o fim, mas aí o Mavericks marcou oito pontos seguidos, incluindo os três de Deron Williams, para vencer.

Nas outras partidas da noite, o Chicago Bulls chegou à quinta vitória seguida e se firmou como segundo na Conferência Leste ao fazer 117 a 106 sobre o Milwaukee Bucks, com 32 pontos e 10 assistências de Jimmy Butler. Já o New York Knicks manteve as esperanças de ir aos playoffs ao bater o Atlanta Hawks por 107 a 101, com 23 pontos de Arron Afflalo e Carmelo Anthony.

Acompanhe as partidas da NBA nesta quarta-feira:

Miami Heat x New York Knicks

Orlando Magic x Indiana Pacers

Washington Wizards x Cleveland Cavaliers

Boston Celtics x Detroit Pistons

Brooklyn Nets x Toronto Raptors

Minnesota Timberwolves x Denver Nuggets

New Orleans Pelicans x Dallas Mavericks

San Antonio Spurs x Utah Jazz

Phoenix Suns x Charlotte Hornets

Oklahoma City Thunder x Memphis Grizzlies

Portland Trail Blazers x Los Angeles Clippers

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.