Kobe Bryant brilha e Oeste vence o All-Star Game da NBA

O ala-armador Kobe Bryant, do Los Angeles Lakers, liderou com 31 pontos a exibição dada pela equipe da Conferência Oeste, que venceu a do Leste por 153 a 132, na 56ª edição do All-Star Game, o jogo das estrelas do basquete norte-americano.O resultado foi um novo recorde na história da partida, que careceu de qualidade técnica e se limitou a uma exibição de muitas cestas, na qual Bryant foi eleito o Jogador Mais Valioso (MVP) da partida, disputada no Thomas & Mack Arena de Las Vegas.Bryant converteu 13 de 24 arremessos de quadra, incluindo três da linha dos três pontos e dois lances livres. Ele também deu seis assistências e fez seis roubadas de bola. "Foi um grande fim de semana com tudo o que aconteceu em Las Vegas e me sinto muito feliz de ter conseguido o prêmio", declarou Bryant. "Demos um grande espetáculo e fizemos uma boa partida."Bryant também disse que havia trabalho duro e que estava pronto para voltar de novo a Las Vegas porque tinha sido um local "perfeito" para o All-Star Weekend (Fim de Semana das Estrelas).O mesmo agradecimento foi feito pelo comissário da NBA, David Stern, antes de apresentar Bryant com o troféu de MVP, dizendo que tudo tinha sido espetacular em Las Vegas. A falta de qualidade esportiva registrada na partida ficou no segundo plano após os recordes batidos pela falta completa de um jogo defensivo - os atletas preocuparam-se apenas em dar show.No final, a equipe da Conferência Oeste, como acontece na competição regular da liga, saiu vencedora por contar com os melhores jogadores, tanto no plano individual como no de equipe. Os 69 arremessos de quadra feitos pelo time e as 52 assistências de seus jogadores foram os dois novos recordes na história do jogo.Outros destaques Junto a Bryant, o pivô Amar Stoudemire, do Phoenix Suns, fez 29 pontos com nove rebotes e três assistências e também se destacou. Já o ala Carmelo Anthony, do Denver Nuggets, estreante no All-Star Game, conseguiu 20 pontos com nove rebotes, enquanto o ala Shawn Marion, do Suns, fez 18 pontos.O ala-armador Ray Allen, que foi escolhido para ocupar do lesionado Allen Iverson (Nuggets), fez 12 pontos em sua sétima participação. Ele tornou-se o quinto jogador a registrar um escore com dois dígitos para a equipe da Conferência Oeste, que teve 54,8% de acerto nos arremessos de quadra e 38,5% nos arremessos de três pontos, comparados com os 48,8% e 32,0%, respectivamente, para a equipe da Conferência Leste.O ala-armador Tracy McGrady (Houston Rockets) e o armador francês Tony Parker (San Antonio Spurs) foram os líderes no jogo da equipe do Oeste ao conseguirem 11 e 10 assistências, respectivamente, com oito pontos cada um.Pelo time do Leste, o ala LeBron James (Cleveland Cavaliers), com 28 pontos, seis rebotes e seis assistências encabeçou uma lista de cinco jogadores que fizeram mais de 10 pontos. Mas ele não superou o melhor jogo individual do time do Oeste, porque o pivô Dwight Howard, do Orlando Magic, registrou 20 pontos e 12 rebotes, sendo o único a marcar um escore de dois dígitos nestes dois quesitos entre os jogadores da partida.O ala-armador Joe Johnson, do Atlanta Hawks, que chegou à partida para ocupar o lugar de Jason Kidd (New Jersey Nets), machucado, fez 12 pontos; o ala Chris Bosh (Toronto Raptors) conseguiu 11 e o ala-armador do Dwyane Wade (Miami Heat) ficou com apenas 10, além de seis roubadas de bola, se tornando a decepção da equipe da Conferência Leste.O mesmo aconteceu com seu companheiro no Miami, o pivô Shaquille O´Neal, que ficou com oito pontos e sete rebotes, não conseguindo acompanhar a maior agilidade e força física de Stoudemire. Mas o importante na quadra não era o esporte do basquete, mas completar a semana de festas e diversão com um espetáculo ao estilo de Las Vegas e para o qual alguns tiveram que pagar até US$ 30 mil se quisessem assistir tudo nas primeiras filas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.