Matteo Bazzi/EFE
Matteo Bazzi/EFE

Kobe Bryant chega a acordo verbal para jogar na Itália

Virtus Bologna anuncia que chegou a acerto econômico e negociação está 95% fechada

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2011 | 09h49

BOLOGNA- Kobe Bryant está cada vez mais próximo do basquete italiano. Nesta sexta-feira, o Virtus Bologna revelou que chegou a um acordo verbal com o astro da NBA para que ele atue com a camisa da equipe enquanto a liga norte-americana está em greve. De acordo com o próprio clube, o acerto está "95% fechado".

"Chegamos a um acerto econômico. Há ainda algumas coisas para serem providenciadas, mas, neste ponto, estou muito otimista. Eu diria que estamos 95% fechados", declarou o presidente do Virtus, Claudio Sabatini, a uma rádio local.

Para contar com o jogador, o time italiano propôs uma série de contratos, mas o que teria mais interessado Kobe Bryant oferece 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 6,1 milhões) por dez partidas. Assim, ele ficaria na equipe italiana entre os dias 9 de outubro e 16 novembro.

Um dos trunfos do Virtus Bologna na negociação foi a relação que Kobe Bryant tem com a Itália. O ala/armador do Los Angeles Lakers passou boa parte da infância no país, onde acompanhava seu pai, Joe, que também jogava basquete. O próprio atleta já admitiu que foi lá que aprendeu a jogar.

Kobe esteve nos últimos dois dias no país europeu, participando de eventos de seu patrocinador. Ele voltou para os Estados Unidos para participar de uma reunião entre jogadores e dirigentes da NBA, nesta sexta. A expectativa é que ele retorne para a Itália na próxima semana.

"O Kobe deve estar em Bologna entre quarta e quinta-feira, com o visto em mãos, para exames médicos e então poderemos assinar o contrato e enviá-lo à liga", disse Sabatini. "Quero deixar claro que ainda não existem assinaturas. Temos que escrever o contrato que ainda será lido e relido", completou.

A transferência do astro só é possível por conta da paralisação da NBA, enquanto jogadores e equipes discutem um novo acordo coletivo de trabalho. Assim que as partes se acertarem, Kobe Bryant voltaria para o Los Angeles Lakers. No entanto, o impasse não parece estar tão próximo do fim, já que representantes dos dois lados fizeram duas reuniões nesta semana e não chegaram a um acordo. Um novo encontro está marcado para esta sexta-feira.

A temporada 2011/12 da NBA está programada para começar no dia 1º de novembro, mas o impasse nas negociações entre jogadores e equipes ameaça a realização do campeonato. O início dos treinos já foi adiado e alguns jogos da pré-temporada tiveram que ser cancelados. Por isso, jogadores procuram alternativas para jogar em outros países enquanto a greve continuar.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAVirtus BolognaKobe Bryant

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.