Kobe Bryant faz 42 pontos e Lakers vence em Sacramento

O Los Angeles Lakers contou com a estrela de Kobe Bryant e com a precisão de um jovem jogador para conseguir uma difícil vitória, fora de casa, sobre o Sacramento Kings por 132 a 128, após uma prorrogação, na rodada desta quinta-feira da temporada regular da NBA. Além dos 42 pontos anotados pelo astro do time da Califórnia, o armador Smush Parker foi decisivo ao fazer uma bandeja perfeita a apenas 1 décimo de segundo para empatar a partida no tempo normal e levá-la para o tempo extra."Assim que cruzei a quadra, eles (Sacramento) vieram fazer marcação dupla em mim. Recebi a bola e vi o Smush (Parker) entrando livre no garrafão. Isso foi uma coisa que conversamos antes e tive confiança nele", contou Bryant sobre o lance que definiu o empate no tempo regulamentar. "Todos pensavam que ele (Kobe) faria o arremesso. Ninguém esperava que ele passasse a bola", afirmou o armador John Salmons, do Kings.Com a vitória, o Lakers segue na luta para alcançar o Phoenix Suns na liderança da Divisão do Pacífico. Em 32 jogos, o time de Los Angeles venceu 21 vezes - a equipe do Arizona tem campanha de 23-8. O Sacramento Kings, com o resultado negativo em casa, caiu para a lanterna da mesma divisão com 14 vitórias e 16 derrotas.No Texas, o Dallas Mavericks continua mostrando que está disposto a não perder a chance de faturar seu primeiro título na liga, que escapou na temporada passada para o Miami Heat. Com boa atuação do trio Josh Howard (25 pontos), Devin Harris (24) e Dirk Nowitzki (20), a equipe derrotou o Indiana Pacers por 100 a 91, alcançou a 12ª vitória consecutiva e consolidou ainda mais a melhor campanha da NBA com 26 triunfos e apenas sete derrotas.Quem também se deu bem na rodada foi o Detroit Pistons, que foi até Oklahoma City e não tomou conhecimento do New Orleans Hornets. Com 27 pontos, cinco assistências e cinco rebotes, o armador Richard Hamilton foi o destaque na vitória do Pistons por 92 a 68.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.