Alex Gallardo/EFE
Alex Gallardo/EFE

Lakers batem Timberwolves e vencem a 2ª seguida; Mavericks massacram Clippers

Sem Davis, LeBron fica perto do double-double e Kuzma brilha com 20 pontos, sendo 14 no primeiro tempo

Redação, Estadão Conteúdo

28 de dezembro de 2020 | 09h20

Atual campeão da NBA, o Los Angeles Lakers está pegando embalo neste início da temporada 2020/2021. Depois de perder na estreia para o Los Angeles Clippers, o time de LeBron James e Anthony Davis - este não jogou por conta de uma lesão na panturrilha direita - emplacou a segunda vitória seguida na rodada de domingo ao derrotar com autoridade o Minnesota Timberwolves por 127 a 91, no ginásio Staples Center, em Los Angeles.

Com o resultado, os Lakers se juntam na liderança da Conferência Oeste ao lado do até então invicto Timberwolves e mais Sacramento Kings, New Orleans Pelicans, San Antonio Spurs, Phoenix Suns e Clippers.

LeBron James não precisou brilhar em quadra e fechou o jogo com 18 pontos e ficou a um rebote do "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos). O cestinha foi Kyle Kuzma, que anotou 20 pontos, sendo 14 só no primeiro tempo. Contabilizando 12 pontos, oito assistências e sete rebotes, o pivô espanhol Marc Gasol também teve boa atuação.

Também em Los Angeles, o outro time da cidade foi massacrado. Com um primeiro tempo arrasador, o Dallas Mavericks ganhou dos Clippers por 124 a 73. A diferença no intervalo para o time do Texas, para se ter uma ideia do que aconteceu, era de 50 pontos (77 a 27).

Quem não passou por essa vergonha foi Kawhi Leonard. O astro dos Clippers não atuou em razão dos oito pontos na boca que levou no jogo passado, após tomar uma cotovelada do companheiro de equipe, Serge Ibaka, diante do Denver Nuggets.

Na Conferência Leste, o astro grego Giannis Antetokounmpo tentou carregar o Milwaukee Bucks nas costas, mas não fez o suficiente para evitar a derrota de seu time para o New York Knicks por 130 a 110, no ginásio Madison Square Garden, em Nova York. O duas vezes MVP da NBA conseguiu um "double-double" com 27 pontos e 13 rebotes, mas o brilho da dupla formada por Julius Randle, com 26 pontos e 13 rebotes, e Elfrid Payton, com 23 pontos, garantiram a vitória dos mandantes.

RAULZINHO

Com o armador Russell Westbrook poupado, o brasileiro Raulzinho teve a chance de começar como titular do Washington Wizards contra o Orlando Magic e se destacou. Igualou a melhor marca da carreira com 22 pontos, mas o time da capital americana permitiu a reação rival no último quarto, depois de liderar com uma vantagem de 17 pontos, e perdeu por 120 a 113.

Em pouco mais de 31 minutos em quadra, Raulzinho conseguiu ainda cinco assistências e quatro rebotes, além de três roubadas de bola. Foi o segundo maior anotador dos Wizards, só atrás de Bradley Beal, que fez 29 pontos.

Confira a rodada de domingo da NBA:


Los Angeles Clippers 73 x 124 Dallas Mavericks

Charlotte Hornets 106 x 104 Brooklyn Nets

Washington Wizards 113 x 120 Orlando Magic

New Orleans Pelicans 98 x 95 San Antonio Spurs

Cleveland Cavaliers 118 x 94 Philadelphia 76ers

New York Knicks 130 x 110 Milwaukee Bucks

Indiana Pacers 108 x 107 Boston Celtics

Chicago Bulls 128 x 129 Golden State Warriors

Sacramento Kings 100 x 116 Phoenix Suns

Los Angeles Lakers 127 x 91 Minnesota Timberwolves

Confira a rodada de segunda-feira da NBA:

Atlanta Hawks x Detroit Pistons

Brooklyn Nets x Memphis Grizzlies

Oklahoma City Thunder x Utah Jazz

Denver Nuggets x Houston Rockets

Los Angeles Lakers x Portland Trail Blazers

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.