Lakers comemoram o bi na NBA

Com bem menos festa do que no ano passado, o Los Angeles Lakers comemorou o bicampeonato da NBA, obtido na sexta-feira, no First Union Center, após a vitória sobre o Philadelphia Sixers por 108 a 96. O time fechou a série melhor-de-sete jogos por 4 a 1.Além de conquistar o segundo título consecutivo e o 13º da história da equipe, os Lakers obtiveram a melhor campanha de todos os tempos da NBA nos playoffs: 15 vitórias e apenas 1 derrota. Antes de superar o Philadelphia, eliminaram o Portland (3 a 0), o Sacramento (4 a 0) e o San Antonio (4 a 0).Os Lakers são a segunda equipe com mais conquistas na liga profissional, atrás apenas do Boston Celtics, que tem 16. Outra marca importante é a do treinador Phil Jackson, que chegou ao oitavo título em 11 anos.O superpivô dos Lakers Shaquille O?Neal foi eleito o melhor jogador das finais pela segunda vez seguida. "É uma parte de um sonho que se torna realidade", comemorou O?Neal. "O primeiro foi para me acostumar. Os que conseguir a partir de agora serão para me colocar na história."Mesmo marcado por Dikembe Mutombo - quatro vezes o melhor jogador de defesa da NBA -, ele teve as impressionantes médias de 33 pontos e 15,5 rebotes por partida nas finais. No último jogo, O?Neal marcou 29 pontos e pegou 13 rebotes. "Ganhar o primeiro campeonato foi como uma lua-de-mel. Mas tivemos de demonstrar que podíamos vencer de novo", declarou Kobe Bryant, que no último jogo marcou 26 pontos.Na série final, os Lakers foram derrotados logo na primeira partida, em Los Angeles. Mas foi só. O time se recuperou vencendo o segundo jogo, também em casa. Em seguida, ganhou três partidas na Filadélfia.Pelo lado dos Sixers, a estrela foi Allen Iverson, o melhor jogador do ano. Iverson marcou 37 pontos, sendo o cestinha da partida. "Os Lakers jogaram como líderes durante toda a série e mereceram a vitória", disse Larry Brown, técnico vice-campeão.Ao contrário do ano passado, quando vários incidentes graves ocorreram nas comemorações, desta vez a polícia teve menos trabalho. No ginásio dos Lakers, 18 mil pessoas pagaram para ver o jogo por um telão.

Agencia Estado,

16 de junho de 2001 | 12h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.