Lakers perde para Warriors e deixa liderança na NBA

Time de Los Angeles não realiza uma boa partida e sofre 22.ª derrota em 70 partidas na temporada

Agência Estado,

24 de março de 2008 | 10h33

O Los Angeles Lakers perdeu para o Golden State Warriors por 115 a 111, e deixou escapar a liderança da Conferência Oeste da NBA. Jogando em casa, na noite de domingo, o time comandado por Phil Jackson chegou a ficar 26 pontos atrás no placar, recuperou-se nos dois quartos finais, mas caiu diante da precisão de Stephen Jackson. Veja também: Mavericks perde para o Spurs, e Nowitzki sai lesionado O ala, que costuma ser coadjuvante de Baron Davis e Monta Ellis, assumiu o papel de protagonista ao acertar duas cestas de três pontos nos segundos finais. Ao todo, ele marcou 18 pontos da linha dos três, com seis acertos em 11 tentativas, e terminou a partida com 31 pontos - cestinha do time ao lado de Monta Ellis. Ainda sem Pau Gasol, machucado, o Lakers teve como maior pontuador mais uma vez o ala Kobe Bryant, que liderou a estatística do jogo com 36 pontos. Lamar Odom também teve números expressivos, com 19 pontos e 22 rebotes - novo recorde na carreira - além de quatro tocos. A derrota foi a 22.ª do Lakers em 70 partidas. Com aproveitamento de 68,6%, o time da Califórnia ocupa a segunda posição no Oeste, atrás do New Orleans Hornets, que tem 47 vitórias e 21 derrotas, com índice de 69,1%. O Phoenix Suns, do brasileiro Leandrinho, tem campanha de 47-22, com 68,1%, o que atesta o equilíbrio na disputa por uma vaga nos playoffs. O Golden State, com 43-26, ocupa a oitava posição e disputa a última vaga com o Denver Nuggets, que venceu o Toronto Raptors, no Canadá, por 109 a 100. O destaque ficou para a dupla Allen Iverson e Carmelo Anthony. Juntos, eles somaram 69 pontos na vitória da franquia do Colorado. RESULTADOS DESTE DOMINGO:Dallas Mavericks 81 x 88 San Antonio SpursToronto Raptors 100 x 109 Denver NuggetsWashington Wizards 95 x 83 Detroit PistonsLos Angeles Lakers 111 x 115 Golden State Warriors

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.