Kevork Djansezian/AFP
Kevork Djansezian/AFP

Lakers projetam o retorno de LeBron James para o início da próxima semana

Franquia de Los Angeles conta com volta da principal estrela para afastar risco de ficar fora dos playoffs da NBA

Redação, Estadão Conteúdo

07 de maio de 2021 | 10h23

O Los Angeles Lakers ganhará um reforço de peso para a reta final da temporada regular da NBA. A franquia da Califórnia projeta o retorno do astro LeBron James para o início da próxima semana, a no mínimo quatro jogos dos playoffs. Mesmo com a equipe visando escapar do "play-in", a volta só ocorrerá quando o craque estiver 100% fisicamente.

Os Lakers têm tido o máximo de cuidado com a torção no tornozelo direito de LeBron James, que já o tirou de 20 partidas. Contudo, o atleta sentiu dores novamente na última sexta-feira, logo na partida que marcava o seu retorno, a derrota para o Sacramento Kings, e segue fora desde então.

A previsão da franquia é que LeBron James volte de vez entre terça e quarta-feira, quando os Lakers enfrentam o New York Knicks e o Houston Rockets, em ambos os jogos como mandante. Entretanto, o astro ainda ficará de fora de mais três jogos. Entre eles, uma partida fundamental, o confronto direto contra o Portland Trail Blazers, sétimo colocado da Conferência Oeste, nesta sexta-feira.

As equipes estão praticamente coladas com o Dallas Mavericks na tabela de classificação. Juntos, esses três times lutam por um só objetivo: terminar a temporada regular acima da sétima posição. Assim, evitam a fase preliminar dos playoffs, o mata-mata conhecido como "play-in", que LeBron James classificou como uma "m..." por não priorizar as melhores campanhas da temporada.

Aos 36 anos, LeBron James não perdeu a forma nas 43 partidas que fez na temporada. Em 2020-2021 foi capitão do All-Star Game pela quarta vez e obteve médias de 25 pontos, 7,9 rebotes, 7,8 assistências e um roubo de bola. Em sua ausência, os Lakers vem sendo liderados por Anthony Davis, que voltou de lesão recentemente. Porém, a equipe lida com mais um desfalque, do armador alemão Dennis Schroder, por conta dos protocolos de segurança da covid-19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.