Larry W. Smith/EFE
Larry W. Smith/EFE

Lakers vencem e recuperam vantagem sobre Nuggets na NBA

Bryant fez 41 pontos e garantiu o 103 a 97; quarto jogo da série será disputado na próxima segunda-feira

EFE

24 de maio de 2009 | 08h55

O ala-armador Kobe Bryant recuperou sua condição de estrela e o ala-pivô espanhol Pau Gasol impôs seu domínio no garrafão para que o Los Angeles Lakers vencesse por 103 a 97 o Denver Nuggets, na terceira partida da série melhor de sete da final da Conferência Oeste da NBA.

A vitória não só permitiu aos Lakers recuperar a vantagem de campo, mas também reivindicar sua condição de equipe defensora do título da conferência e maior candidato a vencer a liga este ano. O quarto jogo da série será disputado na próxima segunda-feira no mesmo palco, o Pepsi Center de Denver.

Bryant, com 41 pontos, incluindo oito nos últimos 68 segundos de partida, virando o placar a favor do Lakers, que tinha estado a maioria do tempo atrás. Ele converteu 12 de 24 arremessos de quadra, incluindo 3 de 5 de três pontos, e 15 de 17 lances livres, pegou seis rebotes, deu cinco assistências e recuperou duas bolas.

Mais uma vez, Gasol foi um jogador decisivo junto a Bryant ao conseguir um double-double de 20 pontos e 11 rebotes nos 43 minutos que esteve em quadra.

Gasol ganhou o duelo contra o pivô brasileiro do Denver, Nenê Hilario, ao marcar 7 de 12 arremessos de quadra e 6 de 8 lances livres, deu uma assistências e um toco.

Nenê jogou 31 minutos teve problema com as pessoais e só conseguiu 13 pontos, com 5 de 9 arremessos de quadra e 3 de 4 lances livres, pegou seis rebotes, deu uma assistência e recuperou uma bola.

O destaque do Nuggets, o ala Carmelo Anthony, não jogou bem e marcou apenas 21 pontos, enquanto pegou cinco rebotes, deu três assistências e recuperou três bolas.

O armador Chauncey Billups converteu 18 pontos com sete assistências, seis rebotes e recuperou duas bolas, enquanto o ala-pivô reserva Chris Andersen foi o jogador surpresa do Nuggets ao conseguir 15 pontos, pegar sete rebotes e dar três tocos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.