Mark Leffingwell/Reuters
Mark Leffingwell/Reuters

Lakers vencem Nuggets em Denver e vão à final da NBA

Com a vitória por 119 a 92, Los Angeles fez 4 a 2 na série melhor de sete e se classificou para sua 30.ª decisão

AE, Agencia Estado

30 de maio de 2009 | 10h53

O Los Angeles Lakers está na final da NBA pelo segundo ano consecutivo. Para decidir novamente o título, a franquia californiana contou com a grande atuação do ala/armador Kobe Bryant e venceu o Denver Nuggets por 119 a 92 nesta sexta-feira, mesmo jogando fora de casa. A vitória fechou a série melhor de sete partidas por 4 a 2, e ainda garantiu o título da Conferência Oeste para os Lakers. Já Bryant, que marcou 35 pontos, vai à final pela sexta vez na carreira.

Veja também:

link LeBron brilha, e Cleveland ainda respira nos playoffs da NBA

A eliminação dos Nuggets encerrou as chances de a NBA ter uma decisão com dois representantes do Brasil. O pivô Nenê Hilário, que vinha tendo um bom desempenho nos playoffs, esteve apagado e anotou apenas oito pontos e pegou seis rebotes pelo Denver. A esperança brasileira agora segue concentrada no ala/pivô Anderson Varejão, que entrará em quadra neste sábado pelo Cleveland Cavaliers. Perdendo a série para o Orlando Magic por 3 a 2, seu time precisa da vitória fora de casa.

Na partida desta sexta-feira, a necessidade de vencer atrapalhou os Nuggets. Os Lakers, por sua vez, se aproveitaram do nervosismo do adversário para abrir vantagem. Impulsionado por Bryant, que ainda distribuiu dez assistências, o Los Angeles liderou o placar durante todo o jogo. Para isso, teve um aproveitamento de 100% nos lances livres, marcando 24 pontos desta forma. Além disso, também acertou 57,5% dos arremessos do perímetro.

Se não bastasse o show de Kobe Bryant, os Lakers ainda tiveram ótimas atuações do ala/pivô Pau Gasol e do ala Lamar Odom. Ambos marcaram 20 pontos cada, sendo que o primeiro agarrou mais 12 rebotes. Pelos Nuggets, o melhor foi Carmelo Anthony, com 25 pontos. Saindo do banco de reservas, o ala/armador J.R. Smith conseguiu mais 24 pontos. Já o armador Chauncey Billups, que vinha bem nos playoffs, não fez a diferença desta vez, terminando apenas com dez pontos.

Após a vitória e o título do Oeste, Gasol ressaltou o jogo coletivo dos Lakers. "Nós somos muito difíceis de ser batidos porque estamos usando todas as nossas armas, não apenas focando no Kobe ou em mim", disse o espanhol. Bryant, por sua vez, destacou que o time precisa fazer um bom papel na decisão. "Agora estamos no lugar onde não fizemos nosso trabalho por inteiro ano passado. Tomara que façamos desta vez", afirmou, lembrando a derrota para o Boston Celtics na final.

Com a classificação antecipada à decisão da NBA, o Los Angeles Lakers folgará nos próximos dias. Neste sábado, o Orlando Magic recebe o Cleveland Cavaliers e pode fechar a série contra o time do ala LeBron James. Caso os visitantes vençam, o sétimo e decisivo jogo será na próxima segunda-feira, em Ohio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.