Elise Amendola/AP
Elise Amendola/AP

Leandrinho brilha e Celtics supera o Jazz na NBA

Jogador brasileiro sai do banco e ajuda seu time a ganha outra na competição: 98 a 93

AE, Agência Estado

15 de novembro de 2012 | 09h09

BOSTON - Com atuação decisiva de Leandrinho, que saiu do banco de reservas para ajudar a sua equipe, o Boston Celtics venceu o Utah Jazz por 98 a 93, na noite da última quarta-feira, em rodada da temporada regular da NBA. O brasileiro marcou 16 pontos, acertou seis dos oito arremessos que arriscou e ainda ajudou a sua equipe com três assistências e dois rebotes, em pouco menos de 23 minutos em quadra.

Leandrinho só pontuou menos no Celtics do que Paul Pierce, cestinha do confronto, com 23 pontos. O seu bom desempenho o fez terminar a partida entre os titulares em jogo no qual o seu time, que atuava em casa, foi para o intervalo perdendo por 46 a 44.

A boa atuação de Leandrinho também foi importante pelo fato de que o armador titular Rajon Rondo machucou o tornozelo durante o duelo, enquanto Jason Terry acabou ficando na reserva no período decisivo do confronto.

Pelo lado do Jazz, os principais destaques foram Paul Millsap, com 20 pontos e 12 rebotes, e Al Jefferson, que contabilizou 13 pontos e 14 rebotes, também conseguindo um "double-double". Derrick Favors, com 14 pontos e nove rebotes, foi outro jogador da equipe de Utah que teve boa atuação.

Em outro duelo de destaque da noite da última quarta-feira, o Los Angeles Clippers derrotou o atual campeão da NBA, Miami Heat, em casa, por 107 a 100. Chris Paul, Blake Griffin e Jamal Crawford empurram o time rumo à vitória. O primeiro deles contabilizou 20 pontos e 14 rebotes, o segundo marcou 16 pontos e somou dez assistências, enquanto o terceiro foi o cestinha, com 22 pontos, mesmo saindo da reserva.

LeBron James voltou a ter boa atuação pelo Miami, com 30 pontos e Ray Allen anotou 14 para a equipe visitante. Já Dwyane Wade esteve muito mal ao fazer apenas seis, ficando muito abaixo da sua média de 18,4 por partida. Ele acabou sendo atrapalhado por uma lesão no pé esquerdo.

Quem também comemorou uma bela vitória na noite da última quarta-feira foi o Chicago Bulls, que superou o Phoenix Suns por 112 a 106, fora de casa, na prorrogação, após empate por 100 a 100 no tempo normal.

O time visitante chegou a estar vencendo por 16 pontos de diferença, mas permitiu a reação do Suns, que buscou o empate e levou o confronto ao tempo extra. O Bulls, porém, acabou prevalecendo ao contar com atuações decisivas de Carlos Boozer, com 28 pontos e 14 rebotes, e Joakim Noah, com 21 e 12 nos mesmos fundamentos. Para completar, Luol Deng colaborou com mais 21 pontos.

Pelo lado do Suns, o argentino Luis Scola também acumulou um "double-double" com 24 pontos e 14 rebotes, enquanto o reserva Sebastian Telfair foi o segundo maior pontuador da equipe, com 17 ao total.

CONFIRA OS JOGOS DE QUARTA NA NBA

Philadelphia 76ers 76 x 94 Detroit Pistons

Boston Celtics 98 x 93 Utah Jazz

Milwaukee Bucks 99 x 85 Indiana Pacers

Houston Rockets 100 x 96 New Orleans Hornets

Oklahoma City Thunder 97 x 107 Memphis Grizzlies

Minnesota Timberwolves 87 x 89 Charlotte Bobcats

Dallas Mavericks 107 x 101 Washington Wizards

Phoenix Suns 106 x 112 Chicago Bulls

Los Angeles Clippers 107 x 100 Miami Heat

Golden State Warriors 92 x 88 Atlanta Hawks

VEJA QUEM JOGA NESTA QUINTA

Brooklyn Nets x Boston Celtics

San Antonio Spurs x New York Knicks

Denver Nuggets x Miami Heat

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.