Leandrinho joga bem, e Phoenix vence Washington

Brasileiro anota 23 pontos, seis a menos que o cestinha da partida, o companheiro Shaquille O'Neal

AE, Agencia Estado

27 de janeiro de 2009 | 09h21

Numa noite feliz do brasileiro Leandrinho e principalmente do ala-pivô Amaré Stoudamire, o Phoenix Suns não teve dificuldade para derrotar o Washington Wizards por 103 a 87, na noite desta segunda-feira, na capital norte-americana.Stoudamire, escolhido para o All-Star Game pelo público, anotou um double-double, com 22 pontos e 15 derrotas, enquanto Leandrinho foi o segundo cestinha da equipe, com 23 pontos - atrás apenas do pivô Shaquille O''Neal, com 29 pontos. O armador Steve Nash também teve boa atuação, com 14 pontos e 15 assistências, e ajudou a equipe a voltar a zona de classificação para os playoffs - está agora em sétimo lugar na Conferência Oeste, com 25 vitórias e 18 derrotas. O Washington tem a pior campanha de toda a NBA, com 9 vitórias e 35 derrotas.Com o armador Dwayne Wade inspirado, o Miami Heat venceu o Atlanta Hawks por 95 a 79. Wade anotou 35 pontos e ajudou a equipe a se aproximar no rival na briga por posições na Conferência Leste: está em sexto, com 24 vitórias e 19 derrotas, enquanto a equipe da Georgia segue em quarto, com 26 vitórias e 18 derrotas.O maior destaque individual do dia, no entanto, foi o armador Chris Paul, que anotou um triple-double na vitória do New Orleans Hornets sobre o Philadelphia 76ers por 101 a 86, com 27 pontos, 15 assistências e 10 rebotes, além de conseguir sete roubadas. O resultado deixou a equipe em quarto no Oeste, com 27 vitórias e 14 derrotas, enquanto o Sixers está em sétimo no Leste, com 21 vitórias e 22 derrotas.Resultados desta segunda-feira:Washington Wizards 87 x 103 Phoenix Suns Miami Heat 95 x 79 Atlanta HawksNew York Knicks 104 x 98 Houston RocketsMilwaukee Bucks 83 x 90 Minnesota TimberwolvesNew Orleans Hornets 101 x 86 Philadelphia 76ersOklahoma City Thunder 94 x 85 New Jersey NetsLos Angeles Clippers 88 x 113 Portland Trail Blazers

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.