Leandrinho volta a se destacar em vitória do Phoenix Suns

O Phoenix Suns e o Utah Jazz, duas das melhores equipes desta temporada da NBA, voltaram a se destacar na rodada de domingo. Com boa atuação do armador brasileiro Leandrinho, que marcou 20 pontos, o Suns venceu o Los Angeles Lakers por 99 a 94. Leandrinho jogou 34 minutos e conseguiu ainda quatro rebotes e quatro assistências. Apesar dos bons números conseguidos pelo brasileiro, o destaque do Phoenix foi o armador canadense Steve Nash, que marcou 23 pontos. O Suns (46-14) venceu sua segunda partida seguida e se mantém como líder da Divisão do Pacífico. Pelo Los Angeles Lakers, o ala-armador Kobe Bryant marcou 31 pontos e deixou a quadra como cestinha da partida. O Lakers (33-27) perdeu a segunda seguida e é vice-líder da Divisão Pacífico. Já o Jazz derrotou o New Orleans Hornets por 108 a 94, com 28 pontos do ala-pivô turco Mehmet Okur e 20 do armador Deron Williams. Foi a quarta vitória seguida do time fora de casa, igualando sua melhor marca neste quesito até agora na temporada. O Utah venceu oito de seus últimos dez compromissos fora. Nas primeiras 20 partidas, foram dez vitórias e igual número de derrotas. O ala Carlos Boozer conseguiu o 36.º ´triple-double´ de sua carreira, com 17 pontos e 12 rebotes, enquanto o reserva Gordan Giricek marcou outros 13. O Jazz, com uma campanha de 40-19, chegou à segunda vitória seguida, e lidera a Divisão Noroeste. Pelo Hornets, o pivô Tyson Chandler fez 20 pontos - sua melhor marca na temporada - e conseguiu 17 rebotes, obtendo seu 12.º ´double-double´ para o Hornets. O New Orleans perdeu três dos últimos quatro jogos e tem agora uma campanha de 28-32, para seguir no quarto lugar da Divisão Sudoeste. O Washington Wizards também permanece na liderança, graças a uma vitória de 107 a 106 sobre o Golden State Warriors. O armador Gilbert Arenas foi o herói da partida, acertando três lances livres quando faltava 0,1 segundo para o fim do jogo. O Wizards, com 26 vitórias e 35 derrotas, lidera a Divisão Sudeste da NBA. A equipe da capital dos Estados Unidos tinha uma desvantagem de 106 a 104 faltando 2,9 segundos para o fim da partida, quando Arenas recebeu um passe e correu em direção à cesta, mas o alarme final soou antes de o armador tentar o arremesso. A polêmica, então, começou, porque os árbitros assinalaram que o ala Al Harrington tinha cometido uma falta em Arenas no tempo regulamentar. O treinador do Warriors, Don Nelson, recebeu falta técnica por discutir com a arbitragem e Arenas recebeu permissão de arremessar três lances livres, o que fez com que o Wizards virasse o placar. O Golden State (26-35) perdeu sua sexta partida consecutiva e segue em último na Divisão Pacífico. Outros resultados da rodada da NBA:Boston Celtics 124 x 117 Minnesota Timberwolves Milwaukee Bucks 121 x 126 Chicago Bulls Philadelphia 76ers 99 x 86 New Jersey Nets Seattle Supersonics 96 x 89 Charlotte Bobcats

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.