Antônio Basílio/PMSJC
Antônio Basílio/PMSJC

Leão pernambucano ruge mais alto na Ilha do Retiro e avança à final da Liga de Basquete Feminino

Explorando as qualidades de Erika e Adrianinha, Sport derrota a aguerrida equipe de São José no Recife

O Estado de S. Paulo

23 de março de 2013 | 14h46

SÃO PAULO - A campanha do esquadrão montado pelo Sport Recife continua impecável. Neste sábado, a equipe pernambucana se garantiu na final da Liga de Basquete Feminino ao derrotar o São José/Colinas Shopping no ginásio da Ilha do Retiro, no Recife, por 73 a 63 (34 a 33 no primeiro tempo). Dessa forma, o time comandado pelo técnico Roberto Dornellas, que havia vencido o jogo de abertura da série, no Vale do Paraíba, fechou o mata-mata em 2 a 0.

Dornellas pediu que a torcida do Leão lotasse o ginásio e foi atendido. O treinador havia orientado suas jogadoras para que evitassem "dar asas à cobra". Em seu entendimento, o Sport jogou relaxado demais no Vale do Paraíba devido à ausência da lesionada cubana Ariadna, e permitiu que Patty Teixeira e Tatiane, mais desmarcadas, tornassem um pouco mais difícil a partida em São José.

No segundo jogo, a equipe rubro-negra não jogou a 100% de sua capacidade no primeiro tempo, e foi para o intervalo com vantagem de apenas um ponto.

No segundo tempo, aproveitando melhor o potencial de Erika no garrafão, e com algumas jogadas inspiradas da armadora Adrianinha, o Sport conseguiu fazer prevalecer seu melhor elenco.

“Quero parabenizar a minha equipe, comissão técnica e torcedores, já que tínhamos o objetivo de chegar à grande final e conseguimos. O São José valorizou bastante a nossa classificação, já que fez dois grandes jogos, em especial neste segundo”, comentou Adrianinha.

“Estou trabalhando forte, fazendo de tudo pela equipe do Sport Recife para, ao lado das minhas companheiras, buscar este título inédito para o time”, acrescentou a pivô Erika, também do Sport.

Do outro lado, o técnico Carlos Lima, o Carlinhos, se disse satisfeito pelo atingimento da meta da equipe, que era a vaga nas semifinais. "“Fizemos dois jogos muito bons contra o Sport e alcançamos o nosso objetivo, que era chegar à semifinal. Além disso, revelamos algumas jogadoras jovens, que serão importantes para o futuro do basquete feminino brasileiro”.

O outro finalista pode sair neste domingo. Americana derrotou o Maranhão Basquete na primeira partida, em São Luís, e se garante com nova vitória, em sua casa. A partida começa às 10h e terá transmissão do SporTV. 

Tudo o que sabemos sobre:
LBFbasqueteSport Recife

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.