Eric Risberg/AP
Eric Risberg/AP

Cavaliers batem Warriors fora e empatam final da NBA

LeBron James dá show com 39 pontos, 16 rebotes e 11 assistências

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2015 | 09h33

Impulsionado por uma atuação de gala de LeBron James, o Cleveland Cavaliers venceu o Golden State Warriors por 95 a 93, fora de casa, em jogo disputado na noite deste domingo, e empatou em 1 a 1 a série melhor de sete confrontos da grande final da NBA. O time de Ohio havia sido derrotado no primeiro duelo da decisão, na última quinta, e com este triunfo também tirou a vantagem de quadra do adversário, que agora terá de encarar dois embates longe de seus domínios.

Embora tenha falhado no arremesso no qual poderia ter decidido a partida no lance final do último quarto, fato que determinou a disputa da prorrogação, LeBron voltou a ser determinante no tempo extra e fechou a partida com um "triple-double" de 39 pontos, 16 rebotes e 11 assistências.

Assim, o astro brilhou para fazer a sua equipe se recuperar da derrota por 108 a 100, sofrida na última quinta-feira, no confronto que abriu esta decisão da liga norte-americana de basquete. Ele foi disparado o maior destaque da equipe que teve como segundo maior cestinha Timofey Mozgov, que ainda garantiu um "double-double" ao fazer 17 pontos e apanhar 11 rebotes.

Pelo lado do Warriors, o MVP da temporada, Stephen Curry, esteve irreconhecível ao acertar apenas cinco dos 23 arremessos de quadra que arriscou. Embora tenha feito a cesta que levou o jogo para a prorrogação, ele só contabilizou 19 pontos. Com quase o dobro de pontos do astro (34), Klay Thompson foi o cestinha da equipe da casa no confronto.

Já o brasileiro Leandrinho, que esteve em quadra durante apenas 5min52s pela equipe da Califórnia, marcou apenas cinco pontos e pegou um rebote.

A partida deste domingo foi equilibrada nos três primeiros quartos e apenas no período final o time de Cleveland conseguiu abrir uma vantagem mais confortável no placar na reta derradeira do confronto. Em uma bola de três pontos de LeBron, a equipe fez 83 a 72 e o triunfo ali parecia certo.

Porém, o Warriors reagiu e reduziu a vantagem para 87 a 85 quando faltam 39 segundos para o fim. Com a posse de bola, o Cleveland viu Shumpert errar no arremesso e dar a chance para a equipe da casa empatar, o que aconteceu com Curry infiltrando e acertando a cesta com uma bandeja: 87 a 87, a sete segundos do fim.

Pressionado, LeBron recebeu a bola com a qual poderia decidir o jogo no tempo normal, mas, após partir para cima da marcação, errou o arremesso decisivo ao parar no aro quando tentou a bandeja.

Na prorrogação, entretanto, LeBron não se abateu e acabou sendo decisivo com um lance livre no fim da partida, sendo o último deles após uma falta que sofreu depois de ter apanhado um rebote após erro de Curry em um arremesso. Antes disso, o MVP chegou a virar o placar em 93 a 92 ao também converter dois tiros livres. Entretanto, da mesma forma, o australiano Dellavedova virou para 94 a 93 após acertar dois lances livres depois de também sofrer uma falta, antes de LeBron selar o 95 a 93 após errar um lance livre e depois converter outro.

O terceiro jogo da final será nesta terça-feira, às 22 horas (de Brasília), na Quicken Loans Arena, que na quinta será palco também da quarta partida da decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.