Bob Donnan| USA TODAY Sports
Bob Donnan| USA TODAY Sports

LeBron espera jogar junto de seus melhores amigos na NBA

James revela desejo de atuar ao lado de Wade, Anthony e C. Paul

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2016 | 13h49

O astro do Cleveland Caveliers, LeBron James, afirmou que tem o desejo de jogar na NBA ao lado de seu melhores amigos Dwyane Wade, Chris Paul e Carmelo Anthony antes de se aposentar. A declaração foi dada ao site Bleacher Report em fevereiro e publicada somente nesta quarta-feira. 

"Realmente espero que, antes que nossas carreira acabem, nós todos possamos jogar junto. Pelo menos uma, talvez duas temporadas, eu, Melo, D-Wade e CP. Aceitaria até redução de salário para isso", respondeu James. 

No mesmo dia em que sua vontade se tornou pública, LeBron foi questionado sobre a possibilidade de isso se tornar verdade algum dia. "Não sei o quão realista isso seria. Seria muito bom se acontecesse. Se você tem a oportunidade de trabalhar com três dos seus melhores amigos, independentemente de qualquer coisa. Não é nem sobre o esporte, é sobre estar ao lado de caras que você nem precisa dizer alguma coisa, eles automaticamente sabem", afirmou o camisa 23 dos Cavaliers após a vitória sobre o Milwaukee Bucks, na noite desta quarta-feira.

"Nós temos uma história, então, pode acontecer? Não sei se daria, mas seria muito legal", completou. 

A única oportunidade que o quarteto teve para atuar junto foi com a seleção norte-americana. Em 2006, eles estiveram na conquista do bronze no Mundial de Basquete, no Japão. Dois anos depois, conquistaram o ouro olímpico em Pequim. Os quatro amigos foram selecionados para a mesma edição do Jogo das Estrelas da NBA em oito oportunidades, mas nunca atuaram pelo mesmo time. 

Ainda nesta quarta, Wade foi ouvido após a derrota do Miami Heat para o San Antonio Spurs. "Sim, ouvi e li sobre isso. Não quero entrar para as manchetes agora. Estou focado nos meus companheiros aqui. Ainda que a história seja muito legal, não tem nada a ver com o que estamos fazendo aqui (em Miami)."

Carmelo Anthony foi mais efusivo sobre a possibilidade de atuar ao lado dos três amigos. "Não sei. Ainda temos alguns anos na liga, vamos ver o que acontece. Todos sonhamos e temos fantasias às vezes." 

"Eu aceitaria um corte de salário para que isso acontecesse. Todos nós aceitaríamos", completou Anthony. 

LeBron James, 31, que não tem se dado bem com a diretoria e seus colegas, pode optar por deixar o Cleveland Cavaliers ao final desta temporada. Dwyane Wade, 34 anos, se tornará agente livre deve deixar o Miami Heat. Chris Paul, 30, está garantido no Los Angeles Clippers até 2016/ 17, enquanto Carmelo Anthony, 32, ficará com o New York Knicks até 2017/18. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.