Mike Ehrmann/AFP
Mike Ehrmann/AFP

LeBron James pede reconhecimento após mais um título da NBA: 'Eu quero meu respeito'

Astro faz discurso forte e exalta dirigentes, elenco e comissão técnica do Los Angeles Lakers pela nova conquista

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de outubro de 2020 | 10h08

Aos 35 anos, LeBron James está longe de parar de escrever história na NBA. Neste domingo, o astro conduziu o Los Angeles Lakers ao 17º título após finalizar a série decisiva contra o Miami Heat por 4 a 2. Com o triunfo, o camisa 23 conquistou seu 4º anel de campeão da liga, além de também ter sido eleito mais uma vez o jogador mais valioso (MVP) das finais.

No entanto, ao longo de sua carreira, James teve momento em que teve de provar seu valor. Apesar de reconhecido como um dos maiores de todos os tempos do basquete, o ala teve momentos fortes em seu discurso após ganhar o prêmio individual, onde pediu por reconhecimento por seus feitos.

"Eu quero a droga do meu respeito também", disse LeBron, referindo-se ao fato de ter sido um dos principais responsáveis pela nova conquista dos Lakers. "Nós só queremos nosso respeito. Rob (Pelinka, gerente-geral) quer seu respeito. O técnico (Frank) Vogel quer seu respeito. A organização quer seu respeito, a nação Laker quer seu respeito. E eu quero a droga do meu respeito."

Na partida decisiva, Los Angeles mostrou amplo domínio, com um primeiro tempo agressivo e intenso defensivamente, o que lhe rendeu uma boa vantagem, que apenas foi administrada até o apito final. LeBron James terminou o duelo com um "triple-double" de 28 pontos, 14 rebotes e dez assistências, sendo o cestinha da partida que terminou em 106 a 93.

"Eu disse a Jeanie (Buss, dona dos Lakers) quando eu cheguei que eu colocaria esta franquia de volta no lugar o qual pertence", declarou James. "Para mim, fazer parte de uma grandiosa e histórica organização é um sentimento indescritível. Não apenas para mim mesmo, mas para todos os meus colegas, para a equipe, para os técnicos... Todos que aqui estão."

Com o 17º título da NBA, o Los Angeles Lakers agora empata com o Boston Celtics como os maiores vencedores da liga. A equipe da Califórnia chegou, nesta temporada, em sua primeira final desde 2010 sendo que, no último ano, sequer conseguiu alcançar os playoffs, mesmo com a então recente chegada de LeBron James. Um campeonato seguinte e reformulado, a franquia ocupa o topo da liga novamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.