Mark J. Rebilas/USA TODAY Sports
Mark J. Rebilas/USA TODAY Sports

LeBron James volta a detonar eventual término da atual temporada da NBA

Astro do Los Angeles Lakers reforça que o campeonato não deve ser finalizado sem um campeão

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de maio de 2020 | 15h00

A NBA está em sua sétima semana sem jogos oficiais. Segundo as programações normais, já deveria estar em sua fase de playoffs, se não fosse a pandemia do novo coronavírus que obrigou a paralisação das atividades da liga em março. Com as incertezas sobre o futuro do campeonato, LeBron James, astro do Los Angeles Lakers, voltou a defender a continuidade da temporada em meio a boatos de um possível encerramento precoce da mesma.

Em suas redes sociais, o astro detonou os rumores de que a temporada estaria caminhando para um fim, sem declarar um campeão. Os Lakers, time o qual está defendendo desde a última edição da liga, eram os principais candidatos ao título até a  interrupção pela covid-19, com campanha de 49 vitórias e 14 derrotas na liderança da Conferência Oeste.

"Viu alguns rumores de executivos e agentes que desejam cancelar a temporada? Isso absolutamente não é verdade. Ninguém que eu conheço está dizendo algo assim. Tão logo seja seguro nós gostaríamos de terminar nossa temporada. Eu estou pronto e nosso time está pronto. Ninguém deveria cancelar nada", disse James na publicação.

Nos primeiros dias de abril, LeBron chegou a dizer em uma videoconferência que não estaria tranquilo se a temporada da NBA não for concluída em decorrência do coronavírus.

Alguns dirigente trabalham com a mesma linha do camisa 23 de Los Angeles. Mark Cuban, dono do Dallas Mavericks, disse em entrevista à CNN americana que está "cautelosamente otimista que estaremos capaz de terminar a temporada", mas que admite a realização do jogos sem torcedores. Marc Lasry, co-proprietário do Milwaukee Bucks, e CEO do San Antonio Spurs, R.C. Buford, também expressaram esperanças de a NBA será retomada em algum momento.

Buford esteve na reunião que ocorreu na última quinta-feira com diversos presidentes de franquias em que o assunto foram as diversas maneiras de se continuar o campeonato. "Todas as intenções são de retornar os jogos e tentar criar o melhor ambiente que conseguimos para a liga e para os fãs", disse o dirigente dos Spurs. "E estamos todos no mesmo barco para isso."

Apesar da forte motivação de LeBron James, nem todo time pode ser tão otimista. Steve Kerr, técnico do Golden State Warriors, disse que seu elenco está "absolutamente no 'modo' pós-temporada agora". Sensação das últimas temporadas da NBA, a franquia de Oakland está com atual campanha de 15 vitórias e 50 derrotas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.