Reprodução
Reprodução

LeBron se revolta com jornalista que insinuou relacionamento entre seu filho e ex de Pippen

Tanto o jogador do Lakers quanto Larsa Pippen prometem processar Robert Littal, que incentivou rumores

Redação, FERA

28 de dezembro de 2020 | 21h04

Recentemente, o filho de LeBron James, que tem o mesmo nome do pai mas é chamado de Bronny, se viu envolto em rumores bizarros: de que estaria tendo um relacionamento com Larsa Pippen, ex-esposa de Scottie Pippen e 30 anos mais velha que ele, após o jovem de 16 anos comentar uma foto da modelo no Instagram com um emoji.

Na sequência, o jornalista Robert Littal, do portal BSO, dizer que Bronny e Larsa estariam trocando mensagens privadas, o que aumentou os rumores. A situação revoltou tanto os diretamente envolvidos na história quanto os pais do garoto.

Bronny foi o primeiro a se manifestar. "Simplesmente dei um 'curtir' na foto da mãe de um dos meus melhores amigos. Vocês são todos muito infantis", disse o jovem de 16 anos nas redes sociais, que ainda está no ensino médio.

Depois foi a vez de Savannah Bond, mãe de Bronny e esposa de LeBron. "Com tudo que está acontecendo no mundo e essa m**** é do que estão falando o dia todo. No final, estão falando de um menor. Não importa que tipo de 'celebridade' vocês acham que ele é, é uma criança e esta m**** tem que terminar", escreveu Bond. LeBron repostou a mensagem dela e acrescentou: "Vocês f****** com o garoto errado. Boa sorte. Não vai ser algo bonito", ameaçando tomar medidas legais.

Por fim, Larsa também negou os rumores. "Essas histórias são tão repugnantes. O fato de que os amigos dos meus filhos não podem curtir as minhas fotos sem que alguém escreve uma m**** estranha é uma loucura. Vou te processar por escrever essas mentiras nojentas", prometeu a modelo, se referindo a Robert Littal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.