Franca/Site Oficial
Franca/Site Oficial

Lesionados, Hettsheimeir e Augusto Lima não defendem Brasil nas Eliminatórias

Pivôs são substituídos por Lucas Dias, também do Franca, e JP Batista, do Mogi das Cruzes

Redação, Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2019 | 22h18

A seleção brasileira masculina de basquete perdeu dois jogadores por lesão para as partidas decisivas contra Ilhas Virgens e República Dominicana, ambas como visitante, pelas Eliminatórias das Américas para o Mundial da China, que será neste ano. Os pivôs Rafael Hettsheimeir, do Franca, e Augusto Lima, do San Pablo Burgos (Espanha), foram substituídos por Lucas Dias, também do Franca, e JP Batista, do Mogi das Cruzes.

"O Rafael teve uma pequena fissura no osso navicular do pé esquerdo e ficará de seis a oito semanas sem poder jogar. Já o Lima sofreu um trauma na cervical lombar e o tempo de recuperação previsto é de duas a quatro semanas", explicou o médico da seleção brasileira, Carlos Vicente Andreoli.

A seleção brasileira encara as Ilhas Virgens no próximo dia 21, em Saint Thomas, e quatro dias depois pega a República Dominicana, em Santo Domingo. Com uma vitória, o Brasil se classifica para o torneio em setembro na Ásia.

"Vamos para garantir a nossa vaga, são dois jogos importantes que precisamos focar dia por dia; pensar na primeira partida e conseguir a vitória e classificar, para depois focar o próximo desafio. A atitude tem que ser a maior possível, a concentração, a vontade e a energia do time também; não tem muito segredo, temos que ir com tudo porque vale muito para nós neste momento", relatou o ala/armador Vitor Benite, que atua no San Pablo Burgos.

"Serão jogos decisivos e precisamos de uma vitória para chegar à Copa do Mundo, por isso temos que fazer de tudo, especialmente no primeiro confronto diante de Ilhas Virgens. Pelo pouco que vi, é um adversário que joga forte fisicamente e isso pode nos complicar, por isso precisamos impor o nosso ritmo, com velocidade", comentou Alex Garcia, ala do Bauru.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.