Divulgação
Divulgação

Limeira bate Paulistano na prorrogação e mantém liderança

No Rio, em duelo importante na disputa do segundo lugar do NBB, Bauru supera o Flamengo com grande atuação do ala Alex

O Estado de S. Paulo

13 de janeiro de 2015 | 23h40

O líder do NBB, o Winner/Limeira venceu mais uma, e se mantém tranquilo na ponta da tabela. Na noite desta terça-feira, no ginásio Vô Lucato, a equipe comandada pelo técnico Dedé derrotou o Paulistano, vice-campeão do NBB 6, por 89 a 80, com uma grande atuação do norte-americano David Jakcson, autor de 35 pontos.

Enquanto isso, no Rio, num duelo pela vice-liderança, o Paschoalotto/Bauru derrotou o Flamengo por 84 a 77, em duelo adiado da quarta rodada. Os bicampeões paulistas agora têm 12 vitórias em 14 jogos. Limeira perdeu apenas uma partida em 15 rodadas, e o Flamengo tem quatro derrotas em 13 partidas - duas delas seguidas. Na rodada anterior, foi superado por Limeira.

"Foi um resultado excepcional. Era um confronto direto e sabemos o quanto é difícil bater o Flamengo fora de casa. Viemos com uma proposta de baixar a pontuação deles e conseguimos; Empurramos o Flamengo para baixo e foi muito importante para a nossa campanha", exaltou o bauruense Ricardo Fischer.



Monstruoso na marcação, o ala Alex foi responsável pelo único duplo-duplo do jogo: 19 pontos e dez rebotes. Autor de 17 pontos, o ala Jefferson, e o armador Ricardo Fischer, que contribuiu com 14 pontos, também tiveram atuação destacada.

Bauru ainda deu um passo importante para conquistar a Copa dos Campeões da América, criada pela LNB (Liga Nacional de Basquete). O troféu consiste o confronto entre os atuais campeões da Liga das Américas (Flamengo) e Liga Sul-Americana (Bauru) no turno e returno do NBB. Agora, Bauru pode perder por até seis pontos no segundo turno e ainda assim ser campeão.


"Não estávamos tão concentrados e isso nos prejudicou. Bauru soube controlar o jogo e é muito difícil você virar uma partida atuando diante de uma equipe tão qualificada. Não estamos em um bom momento na competição, mas temos que botar a cabeça no lugar e tentar consertar os erros para os próximos jogos", disse o armador flamenguista Gegê.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteFlamengoLNBNBB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.