Londres começará a erguer arena de basquete para 2012

O ginásio terá capacidade para 12 mil torcedores e vai custar 64 milhões de euros (cerca de R$ 190 milhões).

AE, Agencia Estado

18 de março de 2009 | 10h42

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Londres receberam nesta quarta-feira a autorização para a construção da arena que será utilizada na maioria das partidas de basquete durante a competição. O ginásio terá capacidade para 12 mil torcedores e vai custar 64 milhões de euros (cerca de R$ 190 milhões).

A arena será construída apenas para uso temporário, embora seja o terceiro maior local de provas previsto para o Parque Olímpico, e vai ser utilizada pelo basquete somente até as quartas-de-final, o que havia provocado protestos por causa do alto custo. Houve mudanças no projeto, inclusive na posição do ginásio dentro do parque.

As semifinais e finais do basquete serão na O2 Arena, que já existe - recebe neste ano o Mundial de Ginástica. Depois que o basquete "mudar", o ginásio receberá as semifinais e finais do handebol, além de jogos de basquete e rúgbi em cadeira de rodas na Paraolimpíada. "Depois dos Jogos, dois terços do material utilizado serão reciclados", avisou Paul Snoddy, responsável pelo projeto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.