Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lula dá recado aos brasileiros da NBA

"Não existe titular no time. Ninguém tem vaga assegurada. Tem que ser conquistada dentro da quadra." O recado foi dado pelo técnico Aluísio Ferreira, o Lula, aos jogadores da seleção brasileira masculina de basquete, que se prepara no Rio para a disputa do Pré-Olímpico de Porto Rico, entre os dias 20 e 31.O treinador atualmente conta com seis jogadores que atuam por clubes estrangeiros e lembrou que este fato não influenciará sua decisão na hora de escalar a equipe. "É claro que temos jogadores de qualidades inegáveis atuando lá fora. Mas, o pensamento deles tem que ser o de somar. Ajudar o grupo", afirmou Lula. "E é isso que vem acontecendo. Os jogadores estão unidos, o que facilita a formação de um conjunto."Apesar de dizer que ainda não escolheu os titulares, Lula deu pistas quanto a uma provável escalação da equipe. Para o treinador, o time titular (Valtinho, Marcelinho, Guilherme, Anderson Varejão e Tiago Spliter) que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de São Domingos deverá sofrer poucas modificações. "Veja o caso do Anderson que começou o Pan como reserva e depois virou titular. O mesmo pode ocorrer com outros jogadores. O importante é o grupo", frisou Lula.A tendência, no entanto, é a de que o armador Leandrinho, do Phoenix Suns, da NBA, seja escalado no lugar de Valtinho e o pivô Nenê, do Denver Nuggets, da NBA, ocupe a vaga do Tiago Spliter. Na sexta-feira a seleção faz o primeiro amistoso contra o Uruguai e, no domingo pela manhã, volta a enfrentá-los. Após este último confronto, a delegação embarca para Porto Rico, onde estréia dia 20, contra os Estados Unidos.

Agencia Estado,

12 de agosto de 2003 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.