Lula inova no treino da seleção

Depois de quatro dias de folga, a seleção masculina de basquete se reapresenta nesta quarta-feira ao técnico Lula, em Uberlândia, para mais uma fase de treinamentos para o Pan e o Pré-Olímpico, ambos em agosto. A novidade será a presença de árbitros internacionais nos treinos coletivos da equipe, além da utilização de cronometragem e estatística."Isso dá poder de análise e ritmo de jogo", explicou o técnico, garantindo que nunca viu alguém adotar esse método. Segundo ele, os jogadores poderão ter mais informações para as partidas oficiais. "Eles vão assimilar o que pode e o que não pode fazer num jogo."Os árbitros serão definidos pelo coordenador de arbitragem da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Geraldo Miguel Fontana. Mas Lula poderá parar o jogo-treino quantas vezes quiser, para poder orientar os jogadores.Apesar disso, a prioridade de Lula é dar um padrão a sua equipe, definir a tática da seleção. "É a cara do time, a filosofia de jogo, com sistemas de defesa e ataque", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.