Lula usa a mesma inspiração de Felipão

O primeiro jogo da série de três amistosos que a seleção brasileira masculina de basquete fará contra a Venezuela foi antecipado e será disputado no domingo, às 18 horas, em Uberlândia, onde o grupo comandado pelo técnico Lula treina desde a semana passada. A partida seria realizada na segunda-feira, mas a mudança não atrapalhará os planos do treinador, que seguirá realizando jogos-treino até a noite de sábado, para não perder tempo.Os outros confrontos com a Venezuela serão em Ribeirão Preto, na terça-feira, e em São Paulo, na quinta. Esses amistosos servem de preparação para a disputa dos Jogos Pan-Americanos, agosto, na República Dominicana. Nos treinos, cronometrados e apitados como partidas, inclusive com dados estatísticos de aproveitamento dos jogadores, Lula tem enfatizado a marcação, para diminuir os espaços dos adversários em toda a quadra."É uma tática de guerra, fazer o que o adversário não quer que você faça", explicou o técnico, referindo-se a um dos itens do livro ?A Arte da Guerra?, de Shun Tzu. Mas Lula avisa que não está copiando Luiz Felipe Scolari, que usou o mesmo livro na Copa do Mundo de 2002 para motivar os jogadores da seleção de futebol."Esse livro eu li durante o curso de pós-graduação em administração esportiva, em 1998, e alguns itens, como planejamento e estratégia, eu adapto para o que preciso", revelou o técnico da seleção de basquete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.