Magic vence, elimina Cavaliers e encara Lakers na final

O tão esperado embate entre o MVP (jogador mais valioso, em inglês) da temporada regular e o astro Kobe Bryant, do Los Angeles Lakers, não acontecerá na final da NBA. Isso porque, antes que pudesse chegar à decisão, o ala LeBron James foi superado por Dwight Howard. Na noite deste sábado, o pivô anotou nada menos que 40 pontos e 14 rebotes pelo Orlando Magic, que venceu o Cleveland Cavaliers por 103 a 90 e eliminou a equipe de LeBron da disputa.

AE, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 10h16

O triunfo conquistado em casa também deu ao Magic o título da Conferência Leste, fechando a série melhor de sete partidas por 4 a 2. Além disso, acabou encerrando as chances de a final da NBA ter um representante brasileiro. Depois que o Denver Nuggets, do pivô Nenê Hilário, já tinha sido eliminado da disputa pelo Lakers, agora foi a vez do ala/pivô Anderson Varejão dizer adeus ao sonho de disputar a decisão da competição pelo Cavaliers.

Para voltar a decidir o título da NBA após 14 anos, o Magic repetiu a receita de sucesso que o fez eliminar o atual campeão Boston Celtics nas semifinais do Leste: defesa forte, jogo coletivo e mais uma grande atuação de Howard. Enquanto o Cavaliers se desesperava por precisar da vitória, errando até lances livres - teve aproveitamento de apenas 50% -, o Orlando se aproveitava para abrir vantagem com cestas de três pontos. No intervalo, já vencia por 58 a 40.

Com LeBron James se mostrando muito decepcionado e saindo correndo do ginásio em Orlando, sobrou para o reserva Daniel Gibson explicar a derrota do Cavaliers. "Todo mundo está triste. É duro ver o sonho ficar mais longe a cada cesta de três pontos que eles faziam", afirmou, lembrando os 17 arremessos certeiros de três do Magic. Já o time da Flórida deixou transparecer a confiança após a vitória. "Nós podemos ganhar de qualquer um", avisou Howard.

Ao menos para ganhar do Cleveland, Howard teve a ajuda de Rashard Lewis, que marcou 18 pontos, e Mickael Pietrus, que anotou mais 14. Pelo Cavaliers, LeBron ainda foi o melhor, conseguindo 25 pontos, sete rebotes e o mesmo número de assistências. Delonte West foi outro a se destacar, com 22 pontos. Já Anderson Varejão cumpriu bem seu papel no garrafão, terminando com 14 pontos e oito rebotes.

Agora, o Orlando Magic começa a decidir o título da NBA contra o Los Angeles Lakers na próxima quinta-feira, na Califórnia. Os dois primeiros jogos serão no Staples Center. Depois, a série melhor de sete partidas volta à Flórida, para mais três confrontos. Por fim, se necessários, os últimos dois jogos serão novamente em Los Angeles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.