Marbury recusa propostas e não disputará temporada da NBA

Armador diz que prefere aproveitar a vida para depois voltar a jogar basquete de forma profissional

EFE,

18 de outubro de 2009 | 15h10

O polêmico armador Stephon Marbury recusou uma série de propostas e manteve a decisão de não disputar esta temporada da NBA.

Segundo o jornal The New York Post, Marbury teve boas ofertas, entre elas uma do Boston Celtics, que ofereceu US$ 1,3 milhão. No entanto, ele não quer saber de basquete no momento: "Estou descansando, aproveitando a vida e fazendo coisas que não tive oportunidade em 16 anos. Tomei uma decisão prudente ao não jogar esta temporada", comentou o armador.

Marbury pretende estar no Madison Square Garden para o confronto de abertura do New Knicks na temporada que está prestes a começar, dia 31, contra o Philadelphia Sixers.

Apesar disso, ele disse que a equipe "não tem nenhuma qualidade" no momento e deixou muito claro que segue magoado com dirigentes e o técnico Mike D'Antoni, com quem brigou. "Agora falo simplesmente como um mais torcedor e nova-iorquino que cresceu amando o Knicks", afirmou Marbury, que também reclamou do fato de ter de pagar para assistir à sua ex-equipe.

Marbury não teve nenhum tipo de consideração ao avaliar o atual elenco do Knicks."São jogadores que entram e quadra e só tentam chutar de três, de qualquer posição. O quadro de treinadores é horrível, que tipo de comando técnico é este?", argumentou Marbury.

Além disso, o armador disse que LeBron James, astro do Cleveland Cavaliers, não acertará com o Knicks na próxima temporada. "LeBron não virá para reconstruir uma equipe. Não faz sentido nenhum", avaliou Marbury em declarações ao jornal.

Marbury também questionou se o objetivo da franquia de Nova York é construir uma equipe campeã ou apenas ganhar dinheiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Stephon MarburyNBAbasquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.