Arquivo/AE
Arquivo/AE

Marcelinho brilha no NBB mesmo com salários atrasados

Cestinha do campeonato, jogador do Flamengo marcou 99 pontos em três jogos diante Pinheiros

Daniel Brito, Jornal da Tarde

25 de maio de 2009 | 23h03

O cestinha do NBB, o campeonato nacional masculino de basquete, não recebe salários há dois meses - o último que caiu em sua conta foi o de março. Mesmo assim, Marcelinho Machado não desiste. Basta ver seu desempenho na competição, que está em sua fase decisiva. O veterano jogador do Flamengo, de 34 anos, marcou 99 pontos na soma dos três jogos que disputou pelas quartas de final, contra o Pinheiros.

 

Na noite desta terça-feira, Marcelinho Machado volta à quadra para disputar a abertura da série melhor-de-cinco jogos da fase semifinal do NBB, contra o Joinville. Atual campeão brasileiro, o Flamengo é favorito ao título, mesmo com os salários atrasados - na semana passada, pagou as dívidas referentes ao mês de março.

 

"Ainda faltam o salário de abril e os prêmios pelos títulos estadual, brasileiro do ano passado e da Liga Sul-Americana", cobrou Marcelinho Machado nesta segunda-feira. Mas, nessa hora, o profissionalismo fala mais alto. Ele continua jogando normalmente e não se priva de ajudar o time a vencer seus jogos. "Mas já é uma evolução por parte da diretoria do clube acertar o mês de março", admitiu o jogador.

 

Marcelinho Machado também deixa a modéstia de lado ao indicar qual equipe merece o título. "Se a disputa acabasse hoje e, por qualquer critério tivesse que se definir um campeão, esse seria o Flamengo. Mas nós sabemos que não é assim e precisamos jogar bem contra o Joinville", avisou o cestinha, que sonha até em voltar à seleção.

Tudo o que sabemos sobre:
NBBMarcelinho MachadoFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.