McGrady vai para o Knicks em troca que envolve 3 times

Quase no limite da janela de transferências da NBA, o ala Tracy McGrady finalmente conseguiu o que queria. Há quase dois meses sem jogar pelo Houston Rockets, o experiente jogador teve confirmada a sua ida para o New York Knicks nesta quinta-feira, em uma troca que envolve três times, nove jogadores e mais dois atletas que serão futuramente escolhidos no Draft das próximas temporadas.

AE, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2010 | 22h20

Aos 30 anos, McGrady vinha sem atuar no Houston porque estava insatisfeito com o seu papel na equipe. Após uma longa recuperação de lesão, o ala atuou por apenas 46 minutos em seis jogos da atual temporada. Ainda assim, chega ao Knicks para ser a principal estrela do time, que ainda busca uma complicada classificação aos playoffs na Conferência Leste da NBA.

Além de McGrady, o time de Nova York ainda se reforçou com o armador espanhol Sergio Rodríguez, que estava no Sacramento Kings, terceiro time envolvido na negociação. O Sacramento ainda ficará com o armador Larry Hughes, do Knicks, e os alas Carl Landry e Joey Dorsey, do Houston. O time texano, por sua vez, pegou o armador Kevin Martin e o ala Hilton Armstrong do Kings, enquanto teve os alas Jordan Hill e Jared Jeffries e mais duas escolhas no Draft do New York.

A negociação complexa, porém, não impedirá o Knicks de tentar realizar o seu sonho de tirar o ala LeBron James do Cleveland Cavaliers na próxima temporada. Mesmo com a contratação de McGrady, o time nova-iorquino ainda terá espaço em sua folha salarial até para trazer dois astros de uma vez, como LeBron e o armador Dwyane Wade, do Miami Heat.

CONCORRÊNCIA PARA VAREJÃO - Enquanto convive com os rumores de perder LeBron na próxima temporada, o Clevland, do ala/pivô Anderson Varejão e atual melhor time da NBA, continua se reforçando. Para concorrer na posição do brasileiro, a franquia trouxe Antawn Jamison, que atuava pelo Washington Wizards. Em troca, deu o pivô lituano Zydrunas Ilgauskas e o esloveno Emir Preldzic.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.