Winslow Townson-USA TODAY Sports
Winslow Townson-USA TODAY Sports

Mesmo com saída polêmica, Harden terá camisa 13 aposentada no Houston Rockets

'Ele sempre será um Rocket', disse Tilman Fertitta, dono do time, em uma entrevista ao jornal Houston Chronicle

Redação, Estadão Conteúdo

03 de março de 2021 | 12h10

Em uma saída conturbada no início da atual temporada regular, em janeiro, o armador James Harden trocou o Houston Rockets pelo Brooklyn Nets. Após uma grande novela pontuada pela falta de motivação e de vontade em permanecer, o "Barba" foi para Nova York e chegou a declarar ter certeza que não conseguiria ser campeão pela franquia do Texas.

Mesmo assim, no dia em que jogará pela primeira vez contra seu ex-time, Harden recebeu a notícia que terá a sua camisa 13 aposentada pelos Rockets, onde jogou entre 2012 e 2021. Quem confirmou isso foi Tilman Fertitta, dono do time, em uma entrevista ao jornal Houston Chronicle.

"James Harden sempre será um Rocket. Claro, vamos aposentar sua camisa. Ele tornou inesquecíveis meus primeiros três anos como proprietário desta franquia. O sucesso que ele trouxe para esta franquia ao longo de oito anos e as memórias que ele criou para nossa base de fãs e comunidade são verdadeiramente notáveis", disse Fertitta.

Harden se tornará o sétimo jogador da franquia a receber a homenagem quando isso acontecer, juntando-se a nomes como os pivôs nigeriano Hakeem Olajuwon e chinês Yao Ming e o ala Clyde Drexler.

O armador recebeu recentemente a sua nona seleção para o All-Star Game e pelo Brooklyn Nets tem médias de 25,3 pontos, 8,7 rebotes, 11,3 assistências, 1,2 roubadas e 39.8% de aproveitamento nos arremessos para três pontos. Ele foi eleito o melhor sexto homem da temporada 2011/2012, o MVP da temporada 2017/2018 e venceu por três vezes o título de cestinha do campeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.