Miami Heat entra como favorito ao tricampeonato da NBA

Temporada 2013-2014 também é marcada pela mudança no comando de 13 franquias

Guilherme Dorini, Marcius Azevedo e Renan Fernandes, O Estado de S. Paulo

27 de outubro de 2013 | 07h30

SÃO PAULO - A temporada de 2013-2014 da NBA que começa na terça-feira tem como principal atrativo o Miami Heat, que inicia sua busca pelo tricampeonato. As outras 29 equipes lutam para evitar o início de uma dinastia na maior liga de basquete do mundo. O último tricampeão foi o Los Angeles Lakers, que levou o título nas temporadas de 1999-2000, 2000-2001 e 2001-2002, sob o comando do técnico Phil Jackson e com Kobe Bryant e Shaquille O'Neal em uma fase exuberante.

Para continuar no topo, o Miami Heat aposta na receita que o levou aos dois primeiros títulos: o trio formado por LeBron James, Dwayne Wade e Chris Bosh e um grupo de coadjuvantes para dar suporte aos astros da equipe. Na tradicional pesquisa com os gerentes gerais das 30 franquias da NBA, o Miami Heat pinta como fraco favorito ao tricampeonato, com 75,9% dos votos. Indiana Pacers e San Antonio Spurs empataram em segundo, com 6,9%. Chicago Bulls, Los Angeles Clippers e Oklahoma City Thunder também foram citados.

"Eu quero ser o melhor de todos os tempos. Essa é a minha motivação. Não é simples, mas para mim vai ser. Este é o meu modo de pensar. Estou longe disso, mas eu me vejo capaz", afirmou LeBron, exemplificando o tamanho do seu desejo de conquistar o terceiro título da NBA. O Miami Heat renovou ainda o contrato do técnico Erik Spoelstra em uma temporada em que quase metade da equipes da NBA trocou de treinador. Ao todo foram 13 mudanças.  

NOVAS CASAS

O destaque é Doc Rivers, que depois de alguns anos e um título em Boston, foi para o Los Angeles Clippers. Os Celtics, franquia mais vencedora da liga com 17 títulos, decidiu apostar no jovem Brad Stevens, de 36 anos, que registra um bom trabalho na Universidade de Butler. A lista de treinadores estreantes tem ainda o recém-aposentado Jason Kidd, que inicia uma nova fase na carreira no Brooklyn Nets. A equipe montou um elenco fortíssimo - Paul Pierce e Kevin Garnett vieram de Boston para unir forças com Deron Williams e Joe Johnson - e está entre os favoritos para destronar o Miami Heat.

Outra equipe que desponta como favorita, pelo menos no papel, é o Houston Rockets. A franquia do Texas venceu uma verdadeira batalha e ficou com o agente livre - jogador que pode assinar com qualquer equipe - mais cobiçado desta temporada, o pivô Dwight Howard. Com o Superman ao lado de James Harden, Jeremy Lin e Chandler Parsons, os Rockets sonham em reviver os bons momentos da dupla Hakeem Olajuwon e Clyde Drexler, quando conquistou o título duas vezes consecutivas.

Há ainda uma expectativa enorme em relação ao retorno de Kobe Bryant. O astro do Los Angeles Lakers promete voltar com tudo depois de romper o Tendão de Aquiles antes dos playoffs da temporada passada, mas, aos 35 anos, o seu desempenho gera dúvidas. "Seremos melhores do que na temporada passada. Quantos jogos vamos vencer? Não sei. Temos que pensar jogo após jogo", aposta o astro dos Lakers.

O mesmo vale para Derrick Rose, armador do Chicago Bulls, que volta ao basquete após 18 meses se recuperando de uma grave lesão no joelho. A franquia de Illinois aposta muito em seu astro para brigar pelo título nesta temporada. Individualmente, LeBron James é novamente candidato ao prêmio de MVP (Melhor jogador da temporada). A pesquisa que apontou o Miami favorito coloca o astro do Heat como favorito, com 69% dos votos. Kevin Durant foi o segundo, com 24,1%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.