John Gress/Reuters
John Gress/Reuters

Miami Heat vence Chicago Bulls e empata final do Leste na NBA

Com triunfo fora de casa por 85 a 75, equipe da Flórida se recupera e iguala disputa em 1 a 1

AE, Agência Estado

19 de maio de 2011 | 08h38

CHICAGO - O Miami Heat se recuperou da derrota na primeira partida da final da Conferência Leste da NBA e empatou a série em 1 a 1 ao derrotar o Chicago Bulls por 85 a 75, fora de casa, na noite de quarta-feira, graças aos astros Dwyane Wade e LeBron James, além do ótimo trabalho defensivo da equipe. Os dois times voltam a se enfrentar no domingo, na Flórida.

Após uma atuação apagada no primeiro jogo da final da Conferência Leste, James anotou 29 pontos na partida e liderou a equipe no final da partida. O astro marcou nove pontos nos últimos 4 minutos e 27 segundos do jogo, começando com uma cesta de três que colocou o Miami em vantagem (76 a 73). Além disso, obteve dez rebotes. Bem marcado por Luol Deng, ele havia feito apenas 15 pontos no primeiro jogo

Já Wade marcou 24 pontos para o Miami, seis a mais do que no último domingo. O Heat acabou o jogo com 45 rebotes obtidos contra 41 do adversário, o que foi decisivo para a primeira vitória sobre o adversário na temporada 2010/2011 da NBA. Na primeira final, o garrafão havia sido dominado pelo Chicago, com 45 rebotes contra 33 do Heat. Udonis Haslem anotou 13 pontos para o Miami e Chris Bosh marcou apenas dez, depois de fazer 30 no domingo.

O Bulls teve desempenho ruim nos arremessos, com apenas 34,1% de acertos contra 47,1% do Heat. Além disso, converteu apenas três das 20 tentativas de três pontos. Derrick Rose liderou o Chicago com 21 pontos, mas fez apenas dois no quarto período. Deng marcou 13 pontos, mas apenas quatro após o primeiro quarto.

Joakim Noah terminou o duelo com nove pontos e oito rebotes. Taj Gisbon foi o principal destaque do Bulls no quarto final ao anotar os seus oito pontos da partida nesse quarto. Já Carlos Boozer teve desempenho discreto, com oito rebotes e sete pontos.

O Heat chegou a ter uma vantagem de 11 pontos no terceiro período, mas o Bulls, liderado por Gibson, conseguiu empatar em 73 a 73 quando faltavam 7 minutos e 16 segundos para o final do último quarto. A cesta de três pontos de James e outra de dois do astro quando faltavam 3 minutos e 15 segundos devolveu o controle do duelo ao Miami, que empatou a decisão da Conferência Leste em 1 a 1 e só precisa vencer as partidas em que for mandante para disputar a final da NBA.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Miami Heat bate Chicago Bulls por 85 a 75

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAMiami HeatChicago Bulls

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.