Divulgação
Divulgação

Minas derrota Brasília e faz 1 a 0 nas semifinais do NBB

Jogando em Belo Horizonte, a equipe mineira superou o Universo/BRB/Financeira por 91 a 78

AE, Agencia Estado

27 de maio de 2009 | 22h52

O Pitágoras/Minas começou bem nesta quarta-feira a série melhor de cinco partidas das semifinais do Novo Basquete Brasil (NBB). Jogando em Belo Horizonte, a equipe mineira superou o Universo/BRB/Financeira Brasília por 91 a 78 e fez 1 a 0 no confronto, levando a vantagem para o Distrito Federal, onde serão realizados os dois próximos jogos. O primeiro é neste sábado, às 12 horas.

Se impondo desde o início, o Minas foi abrindo vantagem aos poucos. Depois de ir para o intervalo vencendo por 47 a 43, o time do técnico Flávio Davis aproveitou o terceiro período para se distanciar no placar, apenas administrando a vitória no quarto final. "Foi só o primeiro passo. Mas o importante é que poderemos voltar a Belo Horizonte. Vamos tentar finalizar lá, mas sabemos que é muito difícil", disse Davis após o triunfo em casa.

Pelo lado do Brasília, ficou a lamentação com o desempenho abaixo do esperado. "A equipe do Minas jogou mais forte hoje, concentrada. Tivemos alguns erros na defesa. Mas não tem nada ganho ainda. São dois jogos em casa. Vamos tentar ganhar lá e fechar aqui. Eles têm 1 a 0, mas não está decidido", afirmou o pivô Mineiro, que teve uma atuação apagada e marcou apenas seis pontos pelos visitantes.

No Minas, o ala Shipp foi o melhor, marcando 25 pontos e agarrando cinco rebotes. O pivô Murilo anotou mais 21 pontos e sete rebotes para os anfitriões. Ainda no time mineiro, Sucatzky se destacou na armação, com 17 assistências distribuídas. Apesar da derrota, o cestinha da partida veio do Brasília. Foi o ala Alex, que fez 28 pontos no jogo.

Na outra semifinal do NBB, o Flamengo/Cia. do Terno ganhou a primeira partida diante do Ciser/Araldite/Univille/Joinville, mesmo fora de casa, e também lidera a série por 1 a 0. O próximo jogo entre as equipes é nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, às 21h30.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBMinasBrasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.