Minnesota 'varre' o Atlanta e fatura o bi na WNBA

De forma incontestável, o Minnesota Lynx conquistou, nesta quinta-feira, o seu segundo título da WNBA em sua história - o primeiro foi na temporada de 2011. Com a vitória sobre o Atlanta Dream por 86 a 77 (40 a 37 no primeiro tempo), em Atlanta, o time de Minneapolis "varreu" a série final da liga profissional norte-americana de basquete feminino e levou o título por 3 a 0 na série melhor-de-cinco.

AE, Agência Estado

11 de outubro de 2013 | 00h06

Na fase de classificação, o Minnesota já havia mostrado toda a sua força com a melhor campanha entre as 12 franquias - teve 26 vitórias e apenas 8 derrotas. Nos playoffs, conquistou o título de forma invicta. Na semifinal da Conferência Oeste, não teve trabalho para eliminar o Seattle Storm por 2 a 0. Na final, fez o mesmo sobre o Phoenix Mercury.

Para mostrar a sua força em quadra, as cinco titulares do Minnesota anotaram dois dígitos na pontuação. A cestinha foi a ala Maya Moore, com 23 pontos. Depois vieram Rebekkah Brunson, Lindsay Whalen (15 pontos cada), Seimone Augustus (14) e Janel McCarville (10).

No lado do Atlanta Dream, a pivô brasileira Erika anotou 12 pontos e agarrou nove rebotes, mas foi prejudicada pelo número de faltas.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteWNBAMinnesota Lynx

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.