Mogi a uma vitória da final de basquete

Em caso de nova vitória diante do Franca, o Mogi/Corinthians, de Mogi das Cruzes, pode garantir nesta quinta-feira, a partir das 20h30, no Ginásio Pedrocão, em Franca, a vaga na decisão do Campeonato Paulista de Basquete Masculino. O time dirigido por Carlos Alberto Rodrigues, o Carlão, abriu 2 a 0 na série sobre o adversário, na terça-feira (86 a 77).O treinador francano, Daniel Wattfy, só tem tempo para motivar o grupo e tentar reverter a situação. "Agora é um jogo de cada vez", diz Wattfy. "Melhoramos na defesa, mas o ataque não funcionou", lamenta Wattfy, lembrando que Franca tem o melhor aproveitamento da competição em arremessos de dois pontos, que, no entanto, no segundo confronto, foram abaixo da média: 40%. "Faltou tranqüilidade na finalização, é preciso esperar mais para chutar, já que o Mogi tem um bom time", explica o treinador.Apesar dessa observação, o armador Demétrius foi o cestinha, com 24 pontos, seguido de Fernando Minuci, com 20. Fúlvio, do Mogi, fez 17.Franca é, disparado, o time mais experiente da competição, e Wattfy espera que isso comece a pesar a partir desta quinta-feira. Para ajudá-lo, Edu Mineiro e Léo devem entrar em quadra, aumentando o rodízio no banco de reservas com os titulares. Até o segundo confronto, ele só usava sete jogadores no geral, enquanto Mogi utilizou dez. Wattfy também espera o apoio da torcida nesse momento. "Ela vai, mas também vai cobrar o resultado", diz ele.Para motivar seu time, Wattfy lembrará que, das cinco partidas possíveis, duas ainda podem ser em Franca, faltando buscar uma vitória fora de casa. No Campeonato Brasileiro de 1998, Franca virou a decisão, depois de 2 a 0 de desvantagem, sobre o COC/Ribeirão. O Franca começa o jogo desta quarta-feira com Demétrius, Fernando Minuci, Fernando Penna, Macetão e Fabião.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2004 | 15h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.