Cleomar Macedo/Divulgação - Helbor
Cleomar Macedo/Divulgação - Helbor

Mogi emplaca quinta vitória seguida e permanece no G-4

Equipe comandada pelo espanhol Paco García derrota o Palmeiras no ginásio do Pinheiros com grande atuação de Tyrone

O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2015 | 23h06

O Mogi das Cruzes/Helbor venceu a quinta partida consecutiva no NBB e permanece no G-4. A última vítima, nesta terça-feira à noite, foi o Palmeiras/Meltex. A partida foi realizada no ginásio do Pinheiros, pois o ginásio do Palestra Itália está passando por pequenas reformas.

O cestinha na vitória mogiana, por 84 a 68, foi o norte-americano Tyrone, ex-jogador do Palmeiras. Ele anotou 19 pontos; o também norte-americano Shamell contribuiu com 13, e Paulão marcou 11. Os reservas Gerson e Jimmy fizeram 11 e dez pontos, respectivamente.

Mogi agora tem 12 vitórias em 18 jogos. O Palmeiras teve sua sequência de três vitórias interrompida. Acumula nove vitórias em 18 partidas.



"O time está em um bom momento e está jogando muito bem. Soubemos controlar as situações adversas dentro da partida e conquistamos mais um grande resultado fora de casa. A equipe está engrenando e melhorando a cada jogo e espero que as coisas continuem assim", disse o técnico de Mogi, Paco García.

O Minas Tênis Clube não bobeou e continua no encalço de Mogi, batalhando por um lugar no G-4. A equipe comandada pelo técnico Demétrius derrotou o Basquete Cearense, em Belo Horizonte, por 90 a 63.

Em duelo importante por lugar entre os 12 melhores, aqueles que avançam para os play-offs, o Uberlândia derrotou o Uniceub/BRB/Brasília por 91 a 74, no ginásio Homero Santos, no Triângulo Mineiro.

No complemento da rodada dupla no Pinheiros, o time da casa derrotou o São José/Unimed por 72 a 70, em grande partida do pivô André Bambu, que anotou 16 pontos.

Nesta quarta-feira, o vice-líder Paschoalotto/Bauru recebe o Macaé, a partir das 20h. No mesmo horário, Rio Claro encara a Liga Sorocabana.


 

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBPalmeiras/MeltexPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.