L. C. Leite - 28/6/1999
L. C. Leite - 28/6/1999

Morre Emil Rached, o 'gigante' do basquete brasileiro

Com 2,20 m, ex-jogador ganhou fama ao participar de filmes e programas de comédia, como Os Trapalhões

AE, Agencia Estado

15 de outubro de 2009 | 14h15

Morreu nesta quinta-feira, em Campinas (SP), o ex- jogador Emil Rached, o "gigante" do basquete brasileiro - tinha 2,20 metros de altura. Além da carreira esportiva, ele ficou conhecido pela sua participação em programas humorísticos da tevê e em filmes.

Natural de Vera Cruz, também no interior de São Paulo, Emil Rached tinha 66 anos e estava internado no Centro Médico de Campinas há 10 dias, depois de sofrer uma embolia pulmonar. Na manhã desta quinta-feira, ele sofreu quatro paradas cardíacas antes de morrer.

Ele jogou basquete profissionalmente entre 1964 e 1980. Começou no Palmeiras e defendeu também Botafogo e Corinthians, entre outros. Na seleção brasileira, foi medalhista de bronze no Mundial do Uruguai (1967) e de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Cali (1971).

Apesar dos 18 jogos disputados com a camisa da seleção brasileira de basquete, em que marcou um total de 114 pontos, Emil Rached ficou conhecido do grande público após a sua aposentadoria das quadras, quando interpretou o "gigante" no programa "Os Trapalhões".

Na televisão, seu papel de gigante mal-humorado e desajeitado entusiasmava o público. No cinema, ele participou dos seguintes filmes: O Trapalhão nas minas do Rei Salomão (1977), Os trapalhões na guerra dos planetas (1978) e As Aventuras de Mário Fofoca (1982).

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteEmil Rached

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.