Nacional de basquete começa amanhã

A sexta edição do Campeonato Nacional Feminino de Basquete começa neste domingo, ainda regionalizado - das oito equipes que disputam o torneio, seis são de São Paulo - e sem muitas estrelas - metade das 12 jogadoras da seleção brasileira estão ganhando em euros, em clubes da Europa. A principal estrela do esporte, a ala Janeth, remanescente da brilhante geração de Paula e Hortência, vai estar em quadra, pelo time de Ourinhos, que também tem Érika, vice-campeã juvenil Sub-21. Janeth encontrou um mecenas, o Chicão (Francisco Eroídes Quagliato), um usineiro que decidiu apoiar o time da cidade de Ourinhos e investir no basquete - ele paga o salário da atleta.Sem a presença de estrangeiras e das jogadoras da seleção, Janeth considera que o Nacional é um espaço para as novas atletas que "querem ocupar espaço na seleção brasileira". E acha que o campeonato será bom, com "a prevista final entre Ourinhos e Americana".O Nacional começa neste domingo, com dois jogos transmitidos ao vivo pelo SporTV - Unimed/Americana (SP) x Uberaba/Black&Decker (MG), em Americana, às 11 horas, e Pão de Açúcar/Unimed/Ourinhos (SP) x São Caetano (SP), em Ourinhos, às 15h30. A primeira rodada será completada com duas partidas, às 15 horas, entre Santo André (SP) e Databasket/São Bernardo (SP), em Santo André, e Lages/Consórcio Battistella (SC) x São Paulo/Guaru (SP), em Lages.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.